Rollemberg pede para deputada retirar da pauta proposta que limita os poderes do governador

Millena Lopes
millena.lopes@jornaldebrasilia.com.br

celina retira

A pedido do governador eleito Rodrigo Rollemberg (PSB), a Proposta de Emenda à Lei Orgânica (Pelo) 26/2011, de autoria da deputada distrital Celina Leão (PDT), foi retirada da pauta da Câmara Legislativa do DF. Aprovada em primeiro turno, a proposta retira da lei a possibilidade de o governador do DF criar órgãos e cargos que gerem aumento de despesa, como também extinguir órgãos e secretarias, sem a aprovação da Câmara Legislativa.

“Ele (Rollemberg) explicou para a Celina o prejuízo que um projeto desses poderia trazer para as mudanças administrativas que o governo terá de fazer”, reconhece o coordenador-geral da equipe de transição, Hélio Doyle.

Ele explica que o futuro governador pretende reduzir secretarias e custos. “Não se pensa em aumentar, mas em reduzir gastos”, garante.

Doyle conta que Celina entendeu a argumentação de Rollemberg e disse que providenciaria a retirada da proposta. E assim fez, na semana passada. “Não houve imposição”, destaca Doyle. “A Câmara tem autonomia, é livre”, arremata.

De volta à pauta

Na reunião de líderes em que pediu a retirada da proposta da pauta, na semana passada, Celina Leão foi sincera e disse aos pares que atenderia a um pedido do governador eleito. Ela não foi encontrada para comentar o assunto, mas pessoas ligadas a ela afirmam que o texto poderá voltar a ser analisado em fevereiro.

A proposta de Celina estava há três anos engavetada e foi votada em primeiro turno no mesmo dia em que os distritais aprovaram a Pelo 77/2014, de Alírio Neto (PEN), que determina que as emendas individuais dos parlamentares ao Orçamento Anual do DF sejam obrigatoriamente executadas pelo Executivo quando forem “destinadas a investimentos, manutenção e desenvolvimento de ensino ou a ações e serviços de saúde”.

A Pelo está pronta para ser apreciada e, se houver quórum, deve ser votada em segundo turno no plenário hoje mesmo.

Deputada da base

A deputada distrital Celina Leão é da base de apoio a Rodrigo Rollemberg. Nesta legislatura, ela fez oposição ao governador Agnelo “praticamente sozinha”, como ela mesma faz questão de ressaltar. O partido de Celina faz parte da “aliança pura” de Rollemberg — assim como SD e PSD. Para o segundo turno, outros partidos se juntaram à chapa.

Nas mãos de Agnelo

Outro projeto, que já foi aprovado e aguarda sanção do governador Agnelo Queiroz, preocupa o novo governo. Trata-se do texto de autoria do distrital Alírio Neto, que também obriga o governador a enviar projetos de Lei à Câmara Legislativa se tiver intenção de criar e extinguir cargos, secretarias e órgãos. Hoje, isso é feito por decreto.

O texto já foi enviado à sanção do governador, que tem até o fim deste mês para transformá-lo em lei ou vetar e devolver à Câmara Legislativa do DF. Segundo a Secretaria de Publicidade e Comunicação, o texto ainda é analisado pelo governo.

“Se for sancionado, será um problema”, dispara Hélio Doyle, sobre o projeto de autoria de Alírio Neto. “A gente espera que não seja sancionado, porque prejudica o funcionamento do governo. Mas isso depende do governador Agnelo”, diz.

Restabelecimento

Alírio diz acreditar que o governador Agnelo sancionará o texto, que, nas palavras dele, “restabelece o poder da Câmara Legislativa de analisar a estrutura”. E lembra que o próprio Rollemberg assina um projeto com o mesmo conteúdo. “Ele mesmo disse, durante a campanha, que queria ter uma relação republicana com a Câmara. Então vamos restabelecer isso”, dispara.

Na ordem do dia

1. Pronto para ser votado em segundo turno ainda hoje, a Pelo 26/2011, de autoria de Alírio Neto, tem texto semelhante ao do Orçamento Impositivo, que ainda tramita no Congresso Nacional.

2. O texto também estabelece que até 2% da Receita Corrente Líquida do DF — somatório das receitas tributárias do governo — deve ser destinada para as emendas parlamentares.

3. Também está prevista para ser votada em segundo turno hoje a Pelo 26/2009, do distrital Benedito Domingos (PP), que obriga os futuros administradores regionais a comprovarem “residência e domicílio” nas regiões administrativas em que forem nomeados para exercer o cargo.

4. Coincidentemente, Rodrigo Rollemberg pretende visitar a Casa no dia previsto para votar as propostas que também limitam os poderes do governador. E tem distrital que já vê a visita como uma tentativa de negociação.

5. É necessário quórum qualificado — voto de, ao menos, 16 dos 24 distritais — Para que haja aprovação das emendas em segundo turno.
Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

Anúncios

Um pensamento sobre “Rollemberg pede para deputada retirar da pauta proposta que limita os poderes do governador

  1. Perfeitamente, não há razão mais forte para que a gestão pública seja eficaz e corresponder aos anseios da comunidade, a necessidade de arrumar a casa primeiro, enxugar a máquina administrativa com o excesso de cargos comissionados, diminuir e extinguir secretarias que só alimentam e acomodam o empreguismo, cabide de emprego, militantes que jamais contribuiram positivamente para o papel de servil…. isto será uma resposta positiva e permitirá investimentos na ponta, transferir para o setor produtivo e gerador de emprego , a economia doméstica, o micro empreendedor que está engessado e agonizado em dívidas. Os serviços públicos necessita de operacionalizar suas demandas promover instrumentos que proporcionem ação de resultados… e ao mesmo tempo envolver numa dinâmica muldisciplinar e equilíbrio entre as unidades gestoras para que se convergir na melhoria do grau de satisfação da sociedade que fica desestimulada de seus direitos comprometidos… o estado distante da função social que lhe é regimentalmente atribuição fundamental para o funcionamento equilibrado das cidades.
    Luiz Carlos Barcellos Hogem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s