Celina Leão recebe demandas dos prefeitos de quadras do Plano Piloto

IMG_0079

A deputada Celina Leão (PDT) participou, nesta segunda-feira (1), na sede da Associação Comercial, de um fórum de discussão organizado pelo morador da 116 Norte, Júnior Almeida, que reuniu prefeitos de quadras das Asas Sul e Norte, do Setor Bancário Sul e presidentes dos Conselhos de Segurança. Em pauta as reivindicações para melhoria na cidade e os pré-requisitos para o novo administrador de Brasília, que segundo as lideranças presentes, deve ser capaz de fazer uma análise cuidadosa em suas concessões, para respeitar Lúcio Costa e as características da cidade.

De acordo com as lideranças, as demandas são antigas e continuam as mesmas, já que não foram atendidas. Os moradores já cobram do governador eleito, Rodrigo Rollemberg (PSB) uma ação imediata para manutenção e reparos, além de um canal de diálogo com o governo. “As Administrações Regionais precisam ter estrutura para tapar buracos ou bueiros em um pronto atendimento à comunidade na solução de pequenos problemas”, defende Armando Aioaki, prefeito da 203 Sul.

Júnior Almeida afirmou que conhece todos os problemas da Capital Federal, que além das áreas residenciais, envolvem o Setor Hospitalar, o Setor Bancário, O Setor Comercial e Hoteleiro, os Parques e tantos outros. “A solução para que nossas demandas sejam atendidas é um trabalho desenvolvido de mãos dadas com a comunidade e o governo, onde o diálogo seja a base de qualquer decisão”, destacou.

Outros problemas levantados pelos moradores foram de estacionamento, carnaval e shows nas entrequadras, devido à falta de estrutura e banheiros. A segurança foi outro ponto unânime entre as reivindicações, revitalização das quadras com iluminação, câmeras de seguranças e programas sociais que possam dar suporte aos usuários de drogas e moradores de rua.

“Nossa quadra é rodeada de escolas, algumas abrigam jovens do sistema socioeducativo, o que nos deixa inseguros, além do carnaval. A comunidade pede socorro, o ‘Galinho’ reúne milhares de pessoas sem qualquer estrutura e os foliões fazem suas necessidades na frente dos nossos filhos, que já presenciaram até sexo explicito. Não dá mais para arrastar essa multidão para dentro das quadras”, protestou Ricardo José Calembo Marra, prefeito da 402 Sul.

Já a prefeita comunitária da Asa Norte, Maria das Graças Borges, discorreu sobre sua insatisfação por não ter sido implantado nenhum Ponto de Encontro Comunitário (PEC) na Asa Norte. “Foram prometidos dez PECs e não cumpriram. Precisamos também definir o que será feito no antigo CAJE, poderia ser uma biblioteca”, sugeriu.

A deputada Celina Leão recebeu as demandas de todas as Prefeituras e Conselhos de Segurança por escrito, com o pedido de que as encaminhe ao governador eleito, Rodrigo Rollemberg.

“Vejo que são as pequenas coisas que mudam o dia a dia das pessoas, hoje o sentimento que tenho ao ouvir todos vocês é de falta de esperança. É preciso planejamento para obter sucesso nas ações. Até o dia 15 de dezembro a Câmara Legislativa vai votar a Lei Orçamentária Anual – LOA e vamos tentar aumentar o recurso para investimento, a previsão orçamentária é de R$ 10 milhões”, observou a deputada. “Vamos organizar outros encontros e manter o diálogo para buscar as soluções que todos vocês anseiam”, completou.

Fonte: Assessoria

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s