Colarinhos sujos de óleo

petrobras

O fato de a operação lava jato respingar óleo no colarinho branco de 28 políticos citados por ocasião da delação premiada do diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, praticamente os inviabiliza para cargos de destaque seja no Congresso Nacional, seja no Executivo Federal.

Pode ser o caso, por exemplo, do senador Renan Calheiros que pretende a reeleição na Casa e do atual presidente da Câmara dos Deputados Henrique Alves (PMDB), sem mandato em 2015 e um potencial Ministeriável.

Enquanto uns ficam com o colarinho sujo, Outros vão passando incólome.
Pode ser o caso do Presidente do PMDB local, Vice Governador do DF Tadeu Filippelli, que vai se cacifando cada vez mais para assumir um Ministério no governo Dilma (PT).

Cris Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s