Educação fora das prioridades

greve

O ano letivo começa nesta segunda feira (23) comprometido pela dívida do GDF com os professores levando insegurança aos alunos, que não sabem como será o começo das aulas.

As escolas da capital do País não receberam manutenções nem reformas, apenas faxina. Pior do que maquiagem, o Governo Rollemberg começa a deixar sua marca; comprometendo o andamento de suas promessas de campanha, e que deixará cicatrizes.

O ano letivo já havia sido comprometido com o adiamento das aulas do dia 9 para o dia 23 de fevereiro. Por tudo isso, o governo vai enfrentar a greve dos professores já marcada para as 10h desta segunda-feira pelo SINPRO-DF.

A câmara legislativa aprovou no dia 18 a ARO, que trata da antecipação da receita orçamentária, empréstimo para a quitação dos débitos com os professores e os demais servidores públicos, mas o repasse ainda não foi feito.

Cris Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s