Câmara aprova urna com recibo e Bolsonaro se torna o político de 2015

bosanaro

Os leitores sabem que eu tenho sérias divergências com Jair Bolsonaro. Mas agora preciso dar o braço a torcer e reconhecer que sua tacada foi perfeita. É de sua autoria o projeto que institui o voto impresso, pelo qual as urnas eletrônicas devem passar a emitir um “recebido”, que, ao ser checado pelo eleitor, será depositado automaticamente em uma urna. Isto simplesmente é o fim das urnas 100% eletrônicas.

O resultado foi acachapante em nome da democracia: 433 votos a favor e 7 contra. Agora a missão é garantir a aprovação no segundo turno e nos dois turnos do Senado. Logo, mantenham a pressão.

Esta foi simplesmente a mais importante votação do ano. O monstro bolivariano foi atingido em cheio no coração. Mas cuidado, pois a besta se auto-regenera diante de nossos cochilos. Agora o negócio é ir adiante e derrubar o Humaniza Redes (há um projeto de Roberto Freire, que precisa ser contatado a respeito), reduzir radicalmente o uso de verba institucional de publicidade e garantir a manutenção do financiamento privado de campanha, dentre outras iniciativas contra o totalitarismo.

Bolsonaro, parabéns!

Fonte: Luciano Ayan

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s