R$ 5 bilhões serão investidos em obras

Boa parte dos recursos vem do governo federal e de empréstimos feitos no começo do ano

Gabriela Moll, da Agência Brasília
obras

As condições de Brasília em relação a saneamento, infraestrutura e mobilidade vão melhorar nos próximos anos. É o que mostra o plano de obras de 2015, divulgado na manhã desta quinta-feira (16) por membros do governo em reunião com o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, na Residência Oficial de Águas Claras. Eles detalharam o cronograma dos trabalhos que serão retomados, que estão em andamento e que ainda serão iniciados. Estão previstos R$ 5 bilhões em investimentos. “O conjunto de obras certamente contribuirá para melhorias na qualidade de vida, na infraestrutura e nos serviços públicos”, afirmou o governador Rodrigo Rollemberg.

A crise financeira obriga o Executivo a buscar alternativas para assegurar esses investimentos. “Quase todas as obras contam com o apoio do governo federal, tanto por meio do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) quanto dos empréstimos solicitados no início do ano à Caixa Econômica Federal e ao Banco do Brasil”, explicou o governador. “Também temos obras de financiamentos externos com recursos provenientes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)”, acrescentou.

O plano também informa os órgãos responsáveis pelas obras, as fontes de recursos, o valor estimado e a previsão de conclusão. “Já iniciamos o Trecho 1 do Sol Nascente, obras de infraestrutura para conjuntos habitacionais como o Parque do Riacho e o Paranoá Parque, a estação de tratamento de Corumbá IV”, pontuou Rollemberg. O governador ressaltou que, ainda nesta semana, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) iniciará o recapeamento da Avenida Samdu, em Taguatinga — parte de um programa que vai recuperar 177 quilômetros de vias públicas.

“Também temos o objetivo de retomar pequenos serviços, como ciclovias e calçadas”, adiantou o chefe do Executivo local, ao acrescentar que são estudadas formas de conseguir os recursos para garanti-los.

A apresentação foi conduzida pelo secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Julio Peres, que destacou a construção do segundo bloco do Hospital da Criança José Alencar — com retomada prevista para agosto —, a restauração do Espaço Cultural Renato Russo e a pavimentação e a drenagem em áreas do Sol Nascente, em Ceilândia, e de Vicente Pires. “Essas são, sem dúvidas, obras estruturantes para as comunidades”, disse.

Peres explicou que as prioridades foram definidas levando em conta financiamentos já existentes, como o PAC, que permitiu avanços nos programas habitacionais. “Decidimos dar continuidade ao que estava parado, recuperar recursos e projetar coisas novas”, esclareceu Peres. “Para isso, colocamos contrapartidas do governo local.”

Compuseram a mesa da apresentação a secretária de Orçamento, Planejamento e Gestão, Leany Lemos; o secretário de Relações Institucionais e Sociais, Marcos Dantas; o secretário de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Arthur Bernardes; o chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio; o diretor do Departamento de Estradas de Rodagem, Henrique Luduvice; o presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab), Gilson Paranhos; e o líder do governo na Câmara Legislativa, deputado Julio Cesar (PRB).

Leia também:

Governo detalha principais obras de 2015

Anúncios

Um pensamento sobre “R$ 5 bilhões serão investidos em obras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s