Chico Vigilante critica prorrogação de Estado de Emergência

CHICO VIGILANTE

Bancada petista pede intervenção federal da Saúde

Após a publicação, pelo governador do DF, Rodrigo Rollemberg),da prorrogação por mais 180 dias do decreto de Estado de Emergência  publicado no Diário Oficial do DF (17/Jul), o deputado distrital, Chico Vigilante (PT), fez duras críticas ao governo e avisou que a bancada petista que faz oposição ao governo, vai pedir intervenção federal da Saúde do DF.

De acordo com Vigilante: “Na verdade, o governador deveria ter decretado Estado de Calamidade Pública na Saúde do DF devido à tamanha incompetência e falta de habilidade do secretário João Batista de Sousa à frente da pasta. Em janeiro, o governador alegou que o motivo do decreto era o desabastecimento de medicamentos e materiais na rede pública. Ora, passados seis meses desde a publicação, ao invés de melhorar, a situação só piora.”, questionou.

IMG-20150720-WA0061
Lista de materiais essenciais em falta em todos os laboratórios de análise clínica

O parlamentar afirma ter recebido na manhã de segunda-feira (20/Jul), uma lista de materiais essenciais em falta em todos os laboratórios de análise clínica da rede pública de saúde do DF. Em nota encaminhada por Vigilante: “De acordo com o servidor da saúde que me enviou a lista, estão faltando conjuntos para testes bioquímicos, tais como: para determinação de sódio, potássio e cloretos em sangue total, soro e urina; glicose enzimática, ureia enzimática; TGO Cinético; TGP Cinético; Creatinina; Bilirrubina; Cálcio e Bilirrubina direta. Estes exames detectam as mais variadas doenças.”, afirmou.

Vigilante denuncia ainda que os servidores que atuam nos laboratórios estão parados por não haver nenhum tipo de reagente para fazer os exames que detectam as doenças dos pacientes. Para mim, essa é a demonstração de que o caos total está instalado na saúde do DF.

O deputado questiona também a “passividade” do Ministério da Saúde (MS) em relação a situação caótica da saúde do DF. De acordo com Vigilante: “Além da incompetência do Secretário de Saúde João Batista e da inoperância do governador Rodrigo Rollemberg (PSB), o mais grave disso, é a passividade do Ministério da Saúde diante dessa situação, pois está assistindo ao desrespeito com as pessoas que precisam de atendimento de saúde, na capital de um país que é a sétima economia do mundo.

Não é possível deixar as pessoas continuarem morrendo nas filas e, agora, mais grave, não saber nem qual moléstia têm, diante da impossibilidade de se fazer qualquer tipo de exame.”, afirma.

O Distrital sugere ainda o sucateamento deliberado da Saúde do DF para justificara a privatização: “Sete meses após o governador tomar posse, a conclusão que tivemos é que estão querendo sucatear a rede pública de saúde para depois privatizar.”, atira.

Política Distrital conversou ontem com o subsecretário de Administração Geral (SUAG) da Secretaria de Estado de Saúde (SES-DF), Marcello Nóbrega de Miranda Lopes, que afirmou que as compras de medicamentos e insumos devem se regularizar em breve. De acordo com Lopes: “Já conseguimos comprar cerca de 90% da lista de medicamentos da Secretaria.”, afirmou.

Fonte:Blog Politica Distrital\ Kleber Karpov

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s