Contagem regressiva para o Turismo: Faltam 200 dias para as Olimpíadas 2016

Primeira cidade a receber a tocha olímpica, a capital aguarda dez partidas de futebol e se prepara para receber 400 mil turistas

turismo

Foto de Lula Lopes

Dentro de 200 dias o Brasil sediará a primeira Olimpíada da América do Sul, o que representa importância histórica para o continente, para as cidades brasileiras e para o movimento olímpico. Antes do início dos jogos, no dia 3 de maio, a tocha olímpica chegará a Brasília e, depois, percorrerá cerca de 300 municípios. Para o secretário Adjunto de Turismo de Brasília, Jaime Recena, ser o primeiro destino a receber a tocha é um privilégio para a capital. “O símbolo dos jogos em Brasília, sem dúvida, atrairá muitos visitantes e olhares para o modernismo da cidade”, comemora.

Durante os jogos Olímpicos, Brasília vai sediar dez jogos de futebol, sendo sete masculinos e três femininos. As competições ocorrerão no Estádio Nacional Mané Garrincha, de 4 a 12 de agosto. Como cabeça de chave do Grupo A, a equipe masculina da Seleção Brasileira fará sua estreia na capital no dia 4, às 16 horas. “Mostraremos ao mundo nossas belezas, faremos das Olimpíadas um marco no processo de consolidação de Brasília como destino turístico”, ressalta Recena.

A estimativa é que durante as Olimpíadas, cerca 400 mil turistas visitem Brasília. Tendo como base o perfil e gasto médio do turista da Copa do Mundo de 2014 no DF, espera-se que os visitantes gastem diretamente (hospedagem, alimentação e gasto com compra) R$ 860 milhões durante as Olimpíadas. A projeção de permanência média do turista é de 4,2 dias.

O secretário afirma que os serviços turísticos de Brasília estarão voltados a receber e atender da melhor maneira os visitantes. “Todas as nossas iniciativas buscam contribuir para o legado que ficará para as próximas gerações: a imagem da nossa cidade consolidada como um atrativo turístico que pode oferecer muito mais do que a Esplanada dos Ministérios. Nossa cidade vai pulsar e, claro, movimentar a economia, que deve ter um aumento considerável na ocupação de leitos e na rotatividade de restaurantes e de comércio”.

Para o presidente da Embratur, Vinícius Lummertz, o Brasil tomou uma posição política e institucional muito forte. “Com as Olimpíadas de 2016, nós vamos aumentar o fluxo de turistas nacionais e bater os recordes com visitantes internacionais. Os grandes eventos são oportunidades únicas de entrada do País na grande competitividade do setor no mercado internacional”, destaca.

De acordo com a Embratur, ainda para o 1º semestre deste ano, estão programadas press trips com foco na Rio 2016. Jornalistas dos principais veículos dos mercados prioritários da Embratur serão convidados a conhecer roteiros do entorno do Rio de Janeiro e as cidades-sede do futebol na Olimpíada.

Fonte:Assessoria de Comunicação – ASCOM

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s