Matrículas da rede pública precisam ser feitas até 4 de fevereiro

Prazo para inscrição dos cerca de 470 mil estudantes começou hoje (26). Veja a documentação necessária

Da Agência Brasília
escolas

Teve início nesta terça-feira (26) a matrícula dos estudantes na rede pública de ensino para o ano letivo de 2016. Responsáveis têm até 4 de fevereiro (somente em dias úteis) para efetivar as inscrições feitas pelo telefone 156, além daquelas de quem pediu remanejamento escolar e de quem vai trocar de nível — do ensino fundamental para o médio, por exemplo.

O ano letivo começa em 29 de fevereiro. São cerca de 470 mil vagas para 2016. As que sobrarem serão ofertadas de 15 a 19 de fevereiro, apenas para quem não fez a matrícula por telefone. A lista será divulgada no balcão de cada escola, onde os responsáveis devem fazer a inscrição, por ordem de chegada.

Em 22 de janeiro, a Secretaria de Educação, Esporte e Lazer divulgou a abertura de mais 246 vagas para educação infantil, de 4 a 5 anos. Com isso, também de hoje (26) a 4 de fevereiro, 39.834 dos 42.309 inscritos pelo telefone no fim de 2015 poderão fazer a matrícula nas escolas indicadas. Com relação aos 2.475 estudantes ainda não contemplados, também dessa faixa etária, a pasta informa que fará as chamadas ao longo de 2016.

Veja o telefone de cada uma das 657 escolas para consultar o horário de funcionamento de cada secretaria.

Documentação para efetivar a matrícula

Educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos (EJA): original e cópia da certidão de nascimento, duas fotos 3×4, comprovante de residência e informações sobre tipo sanguíneo e fator RH. No caso de estudantes menores de idade, o responsável deverá apresentar RG e CPF.

Também é obrigatória a apresentação de:

Educação infantil: cópia do cartão de vacina atualizado.

Ensino fundamental: declaração provisória de matrícula, histórico escolar ou ficha individual do estudante (séries/anos finais).

Ensino médio: declaração provisória de matrícula ou histórico escolar.

EJA: declaração provisória de matrícula ou histórico escolar. Caso a documentação esteja incompleta ou inexistente, deverão ser seguidos os procedimentos administrativos apontados no Manual da Secretaria Escolar 2010.

Leia também:

Secretaria de Educação garante vaga para mais 246 alunos de 4 a 5 anos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s