NOTA À IMPRENSA

depbisporenato-creditodavidpena

Como presidente da CPI do Transporte Público na Câmara Legislativa, informo que esta comissão se aproxima do fim de uma árdua e satisfatória investigação. Em nenhum momento esta CPI teve caráter político e muito menos partidário. Não será agora, depois de 11 meses de trabalho, que isso vai mudar.

 

A respeito das últimas declarações do sr. Valmir Amaral, informo que ele não tem provas do que fala e esta CPI não será palco para o ex-senador. A CPI do Transporte só vai convocar para depor quem tem relação direta com o objeto da nossa investigação e que aparece nas quebras de sigilo bancário, fiscal e telefônico.

 

Sobre os citados ex-governador Agnelo Queiroz e o ex-vice-governador Tadeu Filippelli, informo que, caso eles apareçam nas quebras de sigilo, com certeza serão convocados por esta comissão, ou caso o ex-senador Valmir Amaral apresente provas concretas do que afirma. Até o presente momento, nem o Ministério Público, Polícia Civil ou o TJDFT encontraram algo que os ligue diretamente ao objeto de nossa investigação.

 

Por fim, reitero que estamos analisando as quebras de sigilo que chegaram à esta comissão e os nomes que aparecerem serão convocados. Nunca houve, não há e nunca haverá blindagem de ninguém na CPI do Transporte Público.

 

 

 

Bispo Renato Andrade

Deputado Distrital e Presidente da CPI do Transporte Público

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s