Comitê do Rio 2016 adianta horário do percurso da tocha em Brasília

Início na Esplanada dos Ministérios será às 10 horas desta terça-feira (3). Veja os novos horários de cada trecho do trajeto

Amanda Martimon, da Agência Brasília
toxa 01

Atualizado em 2 de maio de 2016, às 21h35 (Foto: Renato Araújo/Agência Brasília)

Antes previsto para as 10h30, o início do percurso da tocha olímpica em Brasília foi adiantado em 30 minutos pelo comitê organizador dos Jogos Rio 2016. As alterações foram divulgadas na tarde desta segunda-feira (2). Agora, a chama sairá do Palácio do Planalto às 10 horas e percorrerá cinco regiões administrativas em 105 quilômetros de trajeto — 40 deles a pé ou por meios alternativos, como rapel —, até ser levada ao palco da celebração, na Esplanada dos Ministérios, por volta das 20h50.

Novos horários estimados:

Às 10 horas — Início do revezamento no Palácio do Planalto em direção ao Congresso Nacional
Às 10h21 — Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida
Às 10h37 — Palácio do Itamaraty
Às 10h46 — Praça dos Três Poderes
Às 11h19 — Descida da Ponte JK ao Lago Paranoá por rapel. Depois condução em embarcação e em canoa havaiana
Às 11h37 — Chegada ao Pontão do Lago Sul
Às 11h55 — Descida de rapel de helicóptero para o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha
Às 12h05 — Evento no estádio
Às 12h17 — Complexo Aquático Cláudio Coutinho
Às 12h47 — Parque Nacional de Brasília (Água Mineral)
Das 12h56 às 13h13 — Pausa
Às 13h28 — Parada para ação de patrocinador no SIA
Às 13h38 — SIA, entre os Trechos 1 e 2
Das 14h14 às 15h20 — Taguatinga (Avenida Central, Comercial Sul, Samdu Sul, Praça Vila Dimas)
Às 15h20 — Parada para ação de patrocinador em Taguatinga
Às 15h34 — Regimento de Polícia Montada da Polícia Militar do DF, no Riacho Fundo 1
Às 15h58 — Avenida Central do Riacho Fundo 1
Às 16h20 — Centro Olímpico e Paraolímpico do Riacho Fundo 1
Às 16h57 — L2 Sul (na altura da 616 Sul)
Às 17h49 — Igrejinha, 308 Sul
Às 18h07 — Eixo L, da 207 Sul até a 204 Sul
Às 18h22 — Plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto em direção ao Setor Comercial Sul
Às 18h47 — Parada para ação de patrocinador no Setor Comercial Sul
Às 19h11 — Parque da Cidade
Das 19h29 às 20 horas — Parada técnica no Centro de Convenções Ulysses Guimarães
Às 20 horas — Memoriais JK e dos Povos Indígenas
Às 20h16 — Eixo Monumental, saída do memorial para a Torre de TV
Às 20h23 — Torre de TV/Fonte Luminosa
Às 20h33 — Eixo Monumental, saída da Torre para palco da celebração
Às 20h50 — Chegada da tocha ao palco da festa de celebração

Todas as informações sobre o revezamento estão no site www.vibrabrasilia.com.br.

Alterações no planejamento
Com a mudança das 10h30 para as 10 horas, alguns horários de intervenções e bloqueios no trânsito tiveram de ser alterados. Painéis eletrônicos distribuídos por vários pontos do trajeto informam os brasilienses, desde 20 de abril, os horários de fechamento de vias e as alternativas de pistas. A ideia é que o fluxo de veículos seja interrompido cerca de 15 minutos antes da passagem da tocha e liberado de 10 a 15 minutos depois. Em locais estratégicos, estacionamentos serão fechados na noite desta segunda (2).

Veja detalhes do planejamento do governo de Brasília para amanhã (3) nas áreas de trânsito, transporte, segurança e saúde e o horário de funcionamento de pontos turísticos.

TRÂNSITO

Esplanada
A partir das 8h45 (e não mais das 9 horas), as seis faixas das duas vias do Eixo Monumental (S1 e N1) serão fechadas para veículos da altura da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida até a L4 Sul. A chama sai do Palácio do Planalto e passa pelo Congresso Nacional, pela catedral e pela Praça dos Três Poderes.

Todos os estacionamentos que dão acesso a essas vias ficarão fechados das 8h45 às 11 horas, horário em que está prevista a liberação do fluxo de trânsito. As alternativas são a S2 e a N2 (dos anexos dos ministérios).

Ponte JK
Somente uma faixa da Ponte JK, a da direita no sentido Lago Sul, será fechada, por volta das 9h30. As demais estarão livres para circulação. A expectativa é que o trecho interditado seja liberado às 11h30. No Pontão do Lago Sul, onde a tocha chegará de canoa havaiana após ser levado ao Lago Paranoá por rapel, algumas vagas de estacionamento serão interditadas das 7 horas às 11h45.

Cláudio Coutinho
O estacionamento do Complexo Aquático Cláudio Coutinho será bloqueado na noite desta segunda-feira (2) e deverá ser reaberto às 12h35 de amanhã (3). A via entre o estádio e o complexo aquático ficará fechada pelo mesmo período.

No Parque Nacional de Brasília, conhecido como Água Mineral, apenas três bolsões de estacionamentos próximo à guarita de acesso serão bloqueados. O local ficará fechado para visitantes das 11 às 14 horas.

SIA
No Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), haverá interdição do fluxo entre os Trechos 1 e 2, sentido Taguatinga, provavelmente das 13 horas às 14h15. As vagas públicas ao longo desse trecho e no canteiro central começarão a ser bloqueadas na noite de hoje (2), a partir das 19 horas.

São vias alternativas a Estrada Parque Taguatinga (EPTG) e as pistas dos Trechos 3 e 4 do SIA.

Taguatinga
Na Avenida Central de Taguatinga, a pista que segue em direção à Praça do Relógio terá o trânsito interrompido das 13h45 às 14h20. A do sentido contrário passará apenas por retenção temporária do fluxo, de cerca de cinco minutos no momento da passagem da tocha pelo local. A Avenida das Palmeiras poderá ser usada pelos motoristas.

Os dois sentidos da Avenida Comercial Sul serão interditados das 14 horas às 14h55. Na Estrada Parque do Contorno (EPCT), no trecho conhecido como Pistão Sul, haverá desvios em alguns trechos para impedir o acesso de veículos.

O fluxo na Avenida Samdu Sul — também nos dois sentidos — será interrompido, aproximadamente das 14h35 às 15h30, próximo ao Setor D Sul, em direção à Vila Dimas. A via que dá continuidade à Samdu Sul, após a linha do metrô, e passa pela Praça Vila Dimas ficará interditada das 14h45 às 15h40. Nesse trecho, o trajeto passará próximo a um hospital particular — um estacionamento ao lado estará fechado, mas haverá passagem livre para ambulâncias. Os veículos podem usar o Pistão Sul para desviar.

Os estacionamentos dessa região do trajeto que têm acesso a essas avenidas e vias em que haverá intervenção no trânsito ficarão bloqueados desde a noite desta segunda (2), por volta das 22 horas. A liberação vai variar, pois começa à medida que a tocha passar pelos locais.

Riacho Fundo I
A pista da Avenida Central do Riacho Fundo I, sentido administração regional, ficará fechada por volta das 15h45 até as 16h20. Estacionamentos desse lado da via serão fechados nesta noite (2). Na Avenida Sucupira, que dá acesso ao centro olímpico, haverá retenção temporária do trânsito no momento da passagem da tocha. As ruas internas da região administrativa são opções.

Asa Sul
Por volta das 16h45 às 17h20, não será permitido trafegar pela L2 Sul em direção à Rodoviária do Plano Piloto. As saídas de estacionamentos para essa via ficarão bloqueadas no mesmo horário. A L4 Sul pode ser usada pelos veículos.

A caminho da Igreja Nossa Senhora de Fátima, a Igrejinha, o trânsito ficará interrompido — apenas no sentido 308 Sul — nas comerciais da 405/406 Sul e 205/206 Sul. Na comercial da 107/108 Sul, a interdição será nos dois sentidos. De acordo com a programação, a intervenção começará às 17h15 e será encerrada, de forma gradual, até as 17h50.

Na noite desta segunda-feira (2), serão fechados também os seguintes estacionamentos: das comerciais da 406 Sul, incluindo metade das vagas do supermercado Pão de Açúcar, da 207 Sul, da 107 Sul e da 108 Sul. As vias alternativas nesse trajeto para a Igrejinha são as quadras comerciais na Asa Sul das 404/405, 408/409, 205/206, 209/210, 105/106 e 109/110.

Como a saída das residenciais da 108 e da 308 Sul estarão fechadas devido ao bloqueio na via da comercial, os moradores poderão sair para o Eixinho pelo gramado da 108 Sul. Policiais militares vão auxiliar os motoristas e permitir a passagem.

No Eixinho Leste, direção área central, haverá retenção da altura da 207 Sul até a 203 Sul, das 17h50 às 18h05. Também no trajeto que passa pela plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto e retorna próximo ao Teatro Nacional em direção ao Setor Comercial Sul será feito apenas controle do tráfego com retenção — isso está previsto das 18h05 às 18h30. São alternativas o Buraco do Tatu e as vias entre S1 e N1. Estacionamentos entre o Touring e a Praça Norte (Conjunto Nacional) serão fechados na noite desta segunda (2).

Setor Comercial Sul
Fluxo será invertido, por volta das 18h30 às 19h15, entre as Quadras 1 e 2 do Setor Comercial Sul, e desviado para a S2. Em seguida, entre as 18h55 e as 19h30, haverá retenção no Parque da Cidade da altura do parque Nicolândia até a saída para o Ministério Público do DF e Territórios. Estacionamentos que dão acesso a esse trecho serão temporariamente fechados no mesmo período.

Eixo Monumental
Estacionamentos entre os Memoriais JK e dos Povos Indígenas ficarão fechados desde a noite de hoje (2). Das 19h15 às 20h45, a via entre os dois monumentos será interditada. Para retorno, a opção mais próxima é a Praça do Cruzeiro ou, mais adiante, a Catedral Rainha da Paz.

Na Praça das Fontes, na Torre de TV, os estacionamentos norte e sul ficarão fechados desde as 22 horas da véspera. As alças de acesso da S1 ao viaduto da W3 e a da Rodoviária para a S1 ficarão interrompidas apenas durante a passagem da tocha, por alguns minutos.

Para evento da celebração da tocha no gramado central da Esplanada dos Ministérios, três faixas da esquerda da S1 na altura da Biblioteca Nacional de Brasília e duas da esquerda da N1 ficarão isoladas desde as 15 horas. A alça leste da rodoviária estará aberta apenas para ônibus e a via de ligação entre S1 e N1, logo atrás do palco, será interditada.

TRANSPORTE PÚBLICO

Metrô e linhas de ônibus terão reforço para o público que for à festa de encerramento do percurso da tocha na cidade. A celebração ocorrerá das 16 às 23 horas, na Esplanada dos Ministérios.

O Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) informou que haverá acréscimo no “número de viagens nas linhas que se destinam à Rodoviária do Plano Piloto, de acordo com a demanda”. A Companhia do Metropolitano do DF (Metrô-DF) atuará com reforço operacional na terça-feira (3). De acordo com o órgão, o aumento no número de empregados e de trens em circulação vai depender da necessidade. O horário será normal: das 6 horas às 23h30.

Nos trechos em que haverá interdição, as linhas de ônibus usarão as vias alternativas:

– Interdição da Esplanada dos Ministérios, da Catedral à L4 Sul (das 8h45 às 11 horas): vão trafegar pelas Vias N2 e S2 (pista dos anexos).
– Interdição da pista do SIA entre os Trechos 1 e 2, sentido Taguatinga (das 13 horas às 14h15): usam a EPTG ou as pistas dos Trechos 3 e 4.
– Interdição da Avenida Central de Taguatinga Sul (das 13h45 às 14h20): passam pela Avenida das Palmeiras.
– Interdição na Avenida Comercial Sul de Taguatinga (das 14 horas às 14h55): o transporte coletivo usará a Samdu e o Pistão Sul.
– Interdição na Avenida Samdu Sul (das 14h35 às 15h30): desvio das linhas para o Pistão Sul.
– Interdição da Avenida Central do Riacho Fundo I (das 15h45 às 16h20): os ônibus deverão seguir pelas QOF (Conjuntos 1 e 2), QN 9 (Conjuntos 1 e 5) e QS 4 (Conjuntos 1 e 7). Já os que passam pelo trajeto do centro olímpico terão de seguir pelas Vias AC 3, CLN 5 e Avenida Central, no sentido Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB).
– Interdição da L2 Sul sentido Rodoviária (das 16h45 às 17h20): usar a L4.

Após a liberação, voltarão a fazer o itinerário tradicional.

SEGURANÇA

De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, o esquema durante o revezamento da tocha e a festa de celebração envolverá 3,5 mil servidores das forças de segurança, entre policiais civis e militares e agentes do Corpo de Bombeiros Militar do DF e do Departamento de Trânsito do Distrito Federal. A operação é planejada desde agosto, com a participação de 42 órgãos públicos locais e federais, além de instituições parceiras.

Todo o trajeto da chama olímpica será acompanhado do Centro Integrado de Comando e Controle, na Subsecretaria de Integração de Operações de Segurança, e haverá câmeras espalhadas pelos principais pontos do caminho. O encerramento do esquema está previsto para quarta-feira (4), por volta das 9h15, quando o governo de Brasília entrega ao de Goiás a responsabilidade pela guarda da tocha.

SAÚDE

A Secretaria de Saúde atuará com o apoio do Samu no percurso da tocha. Ambulâncias do Samu estarão disponíveis nos seguintes locais: Praça dos Três Poderes, Pontão do Lago Sul, Mané Garrincha, Complexo Aquático Cláudio Coutinho, Água Mineral, Praça do Relógio, Montaria da PM em Taguatinga, Centro Olímpico do Riacho Fundo I, Igrejinha da Asa Sul, Memorial dos Povos Indígenas, Praça das Fontes e Museu Nacional.

São referências, em caso de necessidade, os Hospitais de Base e os Regionais da Asa Norte e de Taguatinga. As equipes serão reforçadas.

PONTOS TURÍSTICOS

Na maioria dos pontos turísticos por onde a tocha passará em Brasília, não haverá alterações.

Água Mineral
O público terá acesso mediante pagamento de ingresso, como usual. O bilhete custa R$ 12, e menores de 12 anos e maiores de 60 não pagam. A entrada será normal, das 8 às 11 horas, e no limite de capacidade. A partir desse horário até as 14 horas, novas entradas não serão permitidas. Depois das 14 horas, o acesso é normalizado novamente. O horário de funcionamento do parque é das 8 às 16 horas.

Catedral
As visitas na Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, que nas terças-feiras começam às 10h30, poderão sofrer atrasos. Elas serão apenas temporariamente suspensas durante o período de revezamento da tocha na Esplanada dos Ministérios. Tão logo o espaço seja liberado, voltará a ser aberta ao público.

Centro Cultural Três Poderes
Funcionará normalmente, das 9 às 18 horas.

Complexo Cultural da República
A Biblioteca Nacional e o Museu Nacional de Brasília vão abrir normalmente. Em dia de semana, a biblioteca funciona das 8 horas às 19h45. Já o museu abre das 9 horas às 18h30.

Congresso Nacional
As visitas à Câmara dos Deputados e ao Senado Federal estão suspensas, por decisão das casas legislativas, até 17 de maio. Segundo a Secretaria de Polícia Legislativa do Senado, a medida é para garantir a segurança durante as discussões e votações da admissibilidade do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha
As visitas ocorrem sempre aos sábados, em três horários — às 9, às 10 e às 11 horas — e não sofrerão alterações.

Igrejinha
A Igreja Nossa Senhora de Fátima, na 308 Sul, ficará aberta. Em 3 de maio, inclusive durante a passagem da tocha, o local estará em festa para celebrar a santa que dá nome ao templo.

Memorial JK
Visitas normais, das 9 às 18 horas.

Memorial dos Povos Indígenas
Estará fechado para visitas.

Palácios do Itamaraty e do Planalto
No Itamaraty, as visitas estão suspensas desde março, por período indeterminado. No Planalto, elas ocorrem apenas aos domingos.

Pontão do Lago Sul
Funcionará normalmente, das 7 horas à 1 hora do dia seguinte.

Torre de TV
A visitação ao mirante terá horário estendido. Em vez de fechar às 19 horas, ficará aberto até as 22h30 — com última subida às 22h15 — para que os visitantes possam ter vista privilegiada da passagem da tocha pelo local. O mezanino (das 9 às 19 horas) e a feira de artesanato (das 9 às 17 horas) funcionarão no horário normal das terças-feiras.

Leia também:

Organizadores fazem teste do percurso da tocha olímpica em Brasília

Fonte: Agencia Brasília

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s