Gestão Integrada das administrações do Lago Sul, Jardim Botânico e Jardins Mangueiral completa 30 dias

alessandro-paiva

Com estrutura pequena e poucos funcionários, a Gestão Integrada das administrações do Lago Sul, Jardim Botânico e Mangueiral, completou um mês. Sob o comando do administrador Alessandro Paiva, a estratégia inicial foi ouvir os prefeitos do Lago Sul, os síndicos dos 53 condomínios do Jardim Botânico e os representantes do Mangueiral.

No Lago Sul, foram retirados os vendedores de marmitas nos semáforos da cidade, que usavam menores de idade para a prática.

O bairro recebeu serviço de limpeza das ruas, além de podas de árvores. Segundo Alessandro Paiva, os alvarás parados já estão em andamento, “o que garante aos empresários do local maior tranquilidade para trabalhar”, destaca o administrador.

Também está sendo feita a padronização da publicidade pela cidade, através de um grupo de trabalho que estuda um novo plano para combater a desordem e a poluição visual. A legalidade nas permissões dos quiosques e nos escritórios de advocacia também estão em andamento na Administração Regional.

Os estacionamentos estão sendo revistos, como o da Escola das Nações, do Hospital Brasília e do Gilberto Salomão. A ideia, segundo Alessandro Paiva, é melhor a vida dos motoristas que frequentam os locais, hoje tumultuados.

A comemoração do Aniversário do Lago Sul já está em pauta. O administrador montou uma comissão organizadora da festa, que será realizada durante duas semanas com exposição de arte, festival gourmet de chefs, shows, missa, culto, exposição de carros e outras atrações que estão sendo definidas com a colaboração de moradores.

No Jardim Botânico, a Gestão Integrada movimentou a administração e desengavetou projetos. Chegou ao fim a espera incansável dos moradores por uma linha de ônibus que ligue o Jardim Botânico à Rodoviária do Plano Piloto, após negociação do administrador Alessandro Paiva com o DFTrans.

A administração do Jardim Botânico, junto com a Agefis, combateu a invasão de área pública na Ponto de Encontro Comunitário (PEC), no Condomínio Itaipu, derrubando o muro que foi construído, devolvendo a comunidade o direito de usar os equipamentos de ginastica instalados na praça pública.

Com a presença do governador Rodrigo Rollemberg (PSB), a Terracap iniciou as obras do Park Urbano Vivencial na Etapa 3 do Jardim Botânico, que irão beneficiar os moradores também do Mangueiral. Serão construídas duas quadras de esporte, 24 praças e seis pontos comunitários, além de parquinhos, calçadas e plantio de grama.

O estacionamento da avenida Comercial, uma reinvindicação antiga dos empresários do local, saiu da gaveta. A obra de pavimentação do estacionamento está em andamento e o estacionamento que começa no retorno da Avenida do Sol e vai até a Feira do Produtor, terá agora 400 vagas. A obra é do DER em parceria com a Administração.

Jardins Mangueiral – Rollemberg e Alessandro Paiva visitaram o Centro de Práticas Sustentáveis (CPS) no Mangueiral. Toda a estrutura física do local é usada para estudo de bioconstrução. A gestão do local está em análise, e a área é destinada para estudos ambientais.

A comunidade recebeu, ainda, do administrador Alessandro Paiva, material esportivo para os torneios existentes na agenda de esporte e lazer da cidade.

 

Fonte: Blog do Callado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s