Eleições 2018 – O Voto terá poder de Juiz

corrupção

Em 2018, o eleitor terá maior responsabilidade depois das descobertas das operações da Polícia Federal e as frustrações decorrentes. O DF está conhecido como a Capital dos Corruptos, já que ocupa o primeiro lugar no ranking do número de envolvidos na operação Lava Jato.

 

Planos frustrados após as manifestações anticorrupção, o Brasil vive um momento político patético assistido por todos nós nos últimos dias na votação da cassação da chapa Dilma e Temer. Após quatro dias, o seriado que envolveu drama e comedia teve também seu momento profético na fala de um dos ministros, que pelo jeito não é a favor da liberdade de imprensa. Mas nada se comparou ao voto final do Ministro Gilmar Mendes, que chocou o País não achando provas contra a chapa. O que o Brasil viu, Gilmar Mendes não viu, quem entende? Tudo uma questão de ótica? Ou de obediência? Manda quem pode e o juiz obedece.

 

Então o eleitor terá que ser juiz nas eleições de 2018. O poder que fará os políticos caciques corruptos saírem de cena nessa palhaçada será o meu e o seu voto. Simples assim.

 

Um dos quesitos que temos que pesar é a corrupção. Muitos dos envolvidos aparecerão na campanha como “anjos”, chorando e dizendo que a Polícia Federal os perseguiu. Por isso está nas mãos dos eleitores a melhoria da qualidade de vida do contribuinte do DF. Eleger ou não os corruptos que construíram obras faraônicas com interesse na gorda propina que enriqueceu famílias e partidos e deixou o povo à deriva.

 

A cultura suja do “rouba, mas faz” precisa deixar de existir, e nós contamos com o povo usuário do serviço público para dar fim a isso, já que o TSE votou pela imoralidade e o enfraquecimento do combate à corrupção.

 

As figuras que se candidatarão para ter foro privilegiado contam com o voto da figura nomeada pelo povo como “Judas do TSE”. Precisamos de uma eleição livre do quesito corrupção.

 

O eleitor terá o papel de Juiz nas eleições. Dessa vez “Napoleão” não ganhou a guerra, mas pagou muitos micos, e o pior deles foi não saber que OSs são organizações sociais, muitas vezes usadas em esquemas de corrupção. Não deve conhecer a situação precária do serviço público de Saúde.

 

Vamos profetizar e crer no fim da Cultura da Corrupção.

 

 Cris Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s