COMO ESTUDAR EM UMA ESCOLA CAINDO AOS PEDAÇOS? Não é possível!

godofredo pro
Questionamos a qualidade da educação do DF. Mas como podemos querer empenho dos alunos se não fornecemos uma estrutura decente?
Todo colégio deveria receber uma verba para comprar material permanente, fazer reformas, implantar o projeto pedagógico e várias outras coisas.
Entretanto, não é isso que acontece.
Muitas escolas recebem com um enorme atraso ou nem recebem.
Sendo assim.
Defendo a OBRIGATORIEDADE do repasse da verba escolar ANTES do início do ano letivo.
Só assim as escolas vão poder parar de se preocupar com a falta de estrutura e vão começar focar em realmente ensinar.

Fonte: Assessoria Godofrego

Policarpo e seus privilégios partidários

policarpo
Quem tem mais tempo entre os titulados ¨turma do bem¨ no programa eleitoral do PT é o seu presidente, deputado Policarpo. Segundo fontes, o candidato está com 45 segundos, seguido da deputada federal Érika Kokay, com 30 segundos, e seus companheiros que têm de 15 a 13 segundos.
O “estrela da tv petista” foi o motivo do pau quebrar ontem na sede do partido. Ser presidente tem suas regalias, mas em época de campanha são todos correligionários: concorrentes ou não. O deputado teve em seu mandato várias regalias comprovadas, uma delas foi a indicação de sua esposa como Admistradora da Cidade Estrutural. Ilegal? Não. Mas imoral…

Cris Oliveira

No PPS, quem vai para o sacrifício?

forca
Depois de ter perdido no TRE e ter conseguido reconsideração no caso da nominata de deputado distrital do partido cancelada, eis que surge para o PPS uma luz no fim do túnel. Segundo fontes, a única forma de resolver a situação dos candidatos seria reduzir a nominata do partido retirando a candidatura de seis candidatos do sexo masculino. Assim o partido cumpre a cota necessária de 30% de candidatas femininas. Agora é saber quem são os seis que vão para o sacrifício. O que o time masculino do PPS espera é a retirada da candidatura do sobrinho da deputada Eliana, Eduardo Pedrosa. Será? Nada melhor do que um sorteio, assim não haverão injustiças, segundo fontes. A deputada Eliana Pedrosa se desgastou com seus amigos que seguraram sua candidatura como governadora, até que ela, por si só, se aliou ao candidato Arruda. No balaio ainda temos o programa eleitoral do PPS com a presença do governador da coligação Pitman. Quem entende?

Cris Oliveira

“Saúde no DF precisa de revolução”, diz Adélia Frejat

Adelia Frejat 2
Com experiência de mais de três décadas no setor de saúde pública, a candidata a deputada distrital Adélia Frejat (PRTB-DF) defende mudanças profundas na rede pública de saúde do Distrito Federal. Ela advoga a valorização dos servidores e aumento dos leitos nos hospitais.

Servidora concursada na Secretaria de Saúde do DF, Adélia Frejat tem conhecimento profundo não apenas da rotina vivida pelos os usuários nos hospitais e postos de saúde, como também sobre os desafios enfrentados pelos servidores do SUS.

“Eu conheço a rotina que os pacientes do Distrito Federal enfrentam nos hospitais, muitas vezes, lotados por atenderem, inclusive, a demanda de todo o Entorno. A gente precisa lutar por mudanças estruturais. É preciso começar de dentro, respondendo aos anseios justos e legítimos dos servidores que buscam melhores salários e condições de trabalho, fatores sem os quais não têm como resolver a saúde pública”, defende.

Sobrinha do ex-secretário de Saúde do DF, Jofran Frejat, a candidata Adélia Frejat tem longa trajetória associada à luta por melhorias estruturais na rede pública, tendo sido a responsável pela criação da Subsecretaria do Fator Humano, hoje Secretaria de Gestão da Pessoa.

Adélia Frejat também foi responsável pela criação da Ouvidoria Geral da Saúde e foi quem primeiro exerceu a função de ouvidora, recebendo as demandas da população. A dificuldade em conseguir vagas na rede pública a tornou defensora da ampliação dos leitos e hospitais.

“Quando falamos em saúde pública devemos lembrar-nos dos rostos dos nossos familiares, dos nossos amigos, conhecidos, vizinhos. Devemos lembrar em como é bom tê-los por perto. E o quanto eles são importantes para nós”, destaca.

Fonte: Assessoria

Exclusivo: SINDÁGUA-DF ocupa sede da empresa CAESB

O SINDÁGUA-DF nesta tarde de quinta-feira (21) ocupou o primeiro  andar da sede da  CAESB. O sindicato cobra explicações dos diretores da empresa, por não terem recebido o data base que está há 180 dias em atraso.  Os funcionários da empresa ameaçam uma nova greve, e pedem também explicações sobre os cargos comissionados que vêm sendo nomeados em época de eleição. A ocupação durou todo o dia e pode voltar a  acontecer amanhã, segundo fontes. Quem está super mal-visto na empresa é o Vice governador Filippelli, que deixa seus assessores livres para voar.
Cris Oliveira

Administrações Regionais: o calcanhar de aquilis do governador Agnelo.

Em debate na Band, que aconteceu na última terça  feira, o governador Agnelo(PT) entrou em uma bananosa em falar que no governo dele quem escolhe administradores regionais é ele. Neste caso, o governador  entrou novamente em contradição. Não são os deputados distritais que indicam? O governo não optou pela governabilidade de cargos e mais cargos para calar a boca da maioria dos deputados distritais?
Então, o governador afirmou ser ciente dos escândalos que as Administrações de Taguatinga, Águas Claras, São Sebastião, Santa Maria, Ceilândia e agora Planaltina sofreram.  O DF nunca presenciou tanta formação de quadrilha durante estes 4 anos de governo PT\PMDB.
Cris Oliveira

 

Má gestão com horário marcado

Na Secretária de Saúde a ditadura e as leis que regem o sistema são realmente uma aberração. Infeliz demais nas suas colocações, o secretário de saúde Elías Miziara, deixou os brasilienses chocados com suas palavras ao afirmar que a comunidade tem o mau hábito de procurar os hospitais apenas à noite. Será que acidentes e fatalidades tem horário para acontecer? Gestantes tem horário cronometrado para entrar em trabalho de parto? É a má gestão com horário marcado.
No governo da ditadura vermelha, a culpa é sempre do povo e nunca dos governantes.
Cris Oliveira

Pitiman propõe construção de interbairros entre Águas Claras e Plano Piloto

O candidato ao governo do Distrito Federal (PSDB), Luiz Pitiman, foi recebido na noite desta quarta-feira (20), por moradores de Águas Claras para a sabatina da Associação de Moradores e Amigos de Águas Claras (AMAAC), realizada no colégio La Salle. O tucano apresentou a proposta de construir uma avenida de ligação entre a cidade e o centro de Brasília.

Sobre os problemas de trânsito na cidade, Pitiman apresentou o compromisso de iniciar a construção da Avenida Parque Águas Claras, uma pista interbairros da cidade até o Plano Piloto. “Já são 200 mil moradores e o número de automóveis cresceu junto. A interbairros é fundamental para a mobilidade da cidade”, completou.

Na presença de mais de 50 pessoas, o tucano respondeu ainda temas sobre: Transporte Público; Mobilidade e Acessibilidade; Segurança; Saúde; Educação; Habitação; Transparência e Administração; Equipamentos Públicos; e Modelo de gestão das Regiões Administrativas.

Com relação a infraestrutura de Águas Claras, o tucano falou sobre a construção e reforma de calçadas e praças. Para a segurança, Pitiman apresentou proposta de implantação da polícia comunitária e de uma delegacia. O candidato discutiu também um novo plano de carreira para as polícias militar e civil, além de políticas públicas para a saúde com criação de posto de saúde e retorno do programa saúde em casa.

Imprensa Pitiman

 

Uma assombração para Eliana

Uma ironia do destino passou a assombrar os dias da distrital Eliana Pedrosa, que concorre a uma vaga na Câmara dos Deputados. Nada a ver com a sua própria campanha, que está resguardada. Mas tudo a ver com seu partido, o PPS. É que toda a  nominata de candidatos a distrital do PPS, está judicialmente proibida de concorrer por descumprir o piso de 30% de candidaturas de mulheres, como exigido pela legislação eleitoral. Como era presidente regional da legenda na época da formação das candidaturas, a deputada agora sofre pressão dos 44 nomes indicados pelo partido. Diga-se de passagem, até mesmo do próprio sobrinho, o jovem Eduardo Pedrosa, que pretendia herdar os votos da tia para a Câmara Legislativa.

Fingindo que nada aconteceu

 

Em um primeiro momento, Eliana ficou furiosa com a nova direção do PPS, que foi três vezes intimado pela Justiça Eleitoral a preencher as vagas e por três vezes perdeu o prazo. Aliados da deputada chegaram a falar em sabotagem. Afinal, boa parte dos candidatos foram convidados por ela, quando presidente. Mas a turma do deixa-disso prevaleceu. Eliana reuniu-se com candidatos e dirigentes do PPS, acertando-se que o partido recorrerá e, se preciso, mexerá na nominata. Até lá, todo mundo faz campanha normalmente.

 

Fonte: Do Alto da Torre

Falta investimento para os portadores de necessidades especiais

Foto
O candidato a Deputado Distrital, Eduardo Pedrosa, tomou a iniciativa de vivenciar a dificuldade de uma mãe pra lavar o filho, portador de necessidades especiais, ao hospital. Daniela é mãe do Victor Hugo, uma criança de 8 anos, que tem ALD, uma doença genética que ataca o sistema nervoso central, causando paralisia corporal e dificuldades para se alimentar, perda de visão, audição e memória.
O trajeto que o Eduardo acompanhou, até o Hospital da Criança, é feito até cinco vezes por mês.”Desde os 5 anos, o menino e a mãe fazem esse percurso complicado e sem acessibilidade. Não é mais admissível que essas pessoas tenham tantas dificuldades”, desabafou Eduardo.
No percurso entre Santa Maria e o Hospital da Criança, as dificuldades começam ainda na parada de ônibus. Como a frota de veículos não é 100% preparada para receber cadeirantes é necessário pegar três conduções. O percurso dura aproximadamente duas horas.
Essa realidade é vivenciada por muitas mães que precisam dar assistência para os filhos com necessidades especiais. Daniela conta que é muito difícil cuidar do filho sozinha. “Quando houve o diagnóstico da doença tive que sair do trabalho para cuidar do Victor.” explicou a mãe da criança.
Para Eduardo Pedrosa é absurdo que não haja mais investimentos para facilitar o atendimento de saúde de portadores de necessidades especiais. Segundo ele, conhecer essa família foi uma grande lição de vida.
“O que mais me impressionou foi a força de vontade dessa mãe que enfrenta todos os obstáculos para dar o melhor tratamento para o filho”, e completou: “São histórias como essa que me fazem continuar a minha caminhada.”
Fonte: Caio Frederico.

Rollemberg passará 24 horas em Brazlândia

Rodrigo Rollemberg visitará Brazlândia na quinta-feira (21) e passará 24 horas na cidade, em diversas atividades. Fará caminhadas, visitas e estará na roda de conversa com moradores.

A visita começa às 8h de quinta-feira. Às 19h, na Arena da Orla do Espelho D’Água Veredinha, Rollemberg participa da roda de conversa, para ouvir as pessoas, divulgar e discutir suas propostas de governo. As rodas de conversa com Rollemberg serão realizadas em diversas cidades.

Rollemberg vai dormir na casa de um amigo na cidade e na manhã do dia seguinte fará visitas e caminhadas em Brazlândia.

Quinta-feira (21/8)

9h – Caminhada pela Feira Permanente da Vila São José

13h30 – Caminhada pelo comércio de Brazlândia

17h – Encontro com produtores de morango da região
Local: Assentamento Betinho

19h – Roda de conversa
Local: Arena da Orla do Espelho D’Água Veredinha, ao lado da Avenida Principal

Sexta-feira (22/8)

6h – Conversas no Terminal Rodoviário Veredas

8h30 – Caminhada pelo Setor de Oficinas de Brazlândia

9h15 – Visita à Obra Social Santa Isabel
Local: Quadra 5 lotes 3 e 4 – Setor Tradicional

18h – Entrevista ao DFTV 2ª edição, na TV Globo
Fonte: Assessoria

Alô, alô Arniqueiras: fé demais, não cheira bem!

Revendo, dia desses, a bela comédia produzida nos EUA, com o ator Steven Martin, entre outros, sob o título “Fé Demais Não Cheira Bem”, não pude deixar de fazer uma relação entre política e fé no Brasil, e no nosso DF. Mais ainda quando no mesmo dia tomei conhecimento de que um forte e polêmico empresário dono de supermercado, na maior satélite do DF, havia intermediado o apoio da Igreja Mundial do Poder de Deus, do igualmente polêmico apóstolo Waldemiro Santiago, a uma candidata à deputada distrital da região conhecida como Arniqueiras. A pretendente à vaga na CLDF já vem sendo observada pelos órgãos que monitoram e regulamentam a lisura do processo eleitoral. Segundo denúncias, ela teria montado um comitê onde faria distribuição diária de cestas básicas (doadas pelo supermercado do amigo que lhe trouxe o apoio da Igreja Mundial), de material de construção e de empregos. Além disso, ela teria “passe livre” em vários órgãos do GDF, pois ela apoia a reeleição do governador Agnelo, para “desembaraçar” (segundo fonte do blog) qualquer problema de aliados junto ao governo, em troca de apoio, claro. Claro, também, que tudo isso é proibido por lei e passível de cassação. Além, é claro, de uma prática abominável em plena capital da República. É muita podridão em nome da fé e por votos. Fummmm….

Fonte: Política Real \ Francisco Júnior

PPS-DF PERDE NO TRE-DF E RECORRE AO TSE

Na noite desta segunda-feira, dia 18/08, o Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal negou o embargo que o Partido Popular Socialista do DF impetrou no último sábado, dia 16/8, por 7 votos a 0 para garantir a candidatura da nominata do partido à Câmara Legislativa do DF. O presidente do PPS-DF, Chico Andrade, informou ao GuaraHoje que, amanhã os advogados do partido irão recorrer ao Superior Tribunal Eleitoral. Pelo andar da carruagem as eleições 2014 no Distrito Federal estão nas mãos da Justiça.Haja coração ! Torcemos para que todos tenham feito exames de coração antes de entrarem para concorrer.Por esta ninguém esperava.Um projeto de política que foi montado para ser # diferente, com nomes de peso , ficha limpa e novatos na política do DF, pode ser desmontado.

Fonte: Guarahoje\ Zuleika Lopes

Caso Arruda: O DF corre o risco de ter que realizar duas eleições

O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE/DF) indeferiu, por cinco votos a dois, o registro de candidatura de José Roberto Arruda (PR) a governador. O julgamento ocorreu no dia 12 de agosto a partir de impugnações apresentadas pelo PSOL/DF e seus candidatos majoritários (Toninho e Aldemario), entre outras. Houve o reconhecimento, a partir da decisão do Tribunal de Justiça do DF que condenou Arruda por improbidade administrativa, que o impugnado é inelegível porque qualifica-se como “ficha suja”.

Leia também:

José Roberto Arruda, por seus advogados, no dia 15 de agosto, apresentou recurso dirigido ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Pretende reverter à decisão do TRE/DF e obter o deferimento de sua candidatura a partir do equivocado argumento de que o pedido de registro da candidatura ocorreu antes da decisão do TJDFT que o condenou por improbidade administrativa.

Os candidatos majoritários do PSOL/DF (Toninho e Aldemario) apresentaram contrarrazões ao recurso de José Roberto Arruda. Elas se baseiam em cinco linhas de argumentação contra a defesa do candidato “ficha suja”.

Os candidatos do PSOL/DF afirmam que admitir o registro do inelegível, pela rala e equivocada aplicação do limite temporal previsto na Lei n. 9.504, pode conduzir a uma situação eleitoral inusitada e surreal (um verdadeiro filme de terror).

Esse quadro seria configurado com uma eventual vitória eleitoral do candidato “ficha suja”. Tal sucesso não resistiria ao recurso contra a diplomação. Anulado o diploma do eleito, novas eleições seriam convocadas. Afinal, o segundo colocado nas eleições não contaria com a maioria dos votos válidos (até porque não haveria anulação de votos), exigência constitucional expressa e inafastável para a assunção do cargo de Governador (arts. 32 e 77).

Em se configurando tal quadro, os eleitores de Brasília teriam que ser convocados a um novo pleito, disputado entre o segundo e o terceiro colocado. A situação caricata demonstra que o mais adequado para este processo é que a Justiça Eleitoral purifique o processo expurgando aqueles que são ficha suja do pleito.

Fonte: Blog Chico Sant’ANNA

Site de Agnelo sai do ar após governador descumprir decisão judicial

Governador desobedece à determinação Judicial e publica website utilizado na campanha à reeleição.

O governador do Distrito Federal e candidato a reeleição,  Agnelo Queiroz, entrou na Justiça (14/Jul) para tomar a força a propriedade do domínio online souagnelo13.com.br, registrado por empresa privada. Embora o registro atendesse as determinações legais, Agnelo se utilizou do poder judiciário de primeira instância para conseguir a força,  por meio de liminar, a propriedade do referido domínio, o que foi desfeito por um desembargador do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) em sede de recurso.
Após a assessoria de Agnelo contatar a KMA Web Comunicação e Marketing (KMA), empresa proprietária do domínio souagnelo13.com.br, por e-mail – de uma conta do Gmail – e requerer a entrega gratuita e imediata do registro para o governador  (8/Jul), a KMA se recusou, naturalmente, e informou que esse estava à venda, prática comum no mercado de internet. Insatisfeito, o Governador recorreu à justiça para requerer a propriedade do domínio.
Na ação, como justificativas, Agnelo destacou como principais argumentos: ser político tradicional há 20 anos, filiado ao PT, utilizar o número 13; ser candidato à reeleição; que a KMA queria auferir lucro; que o domínio estava fora do ar; que a empresa ofereceu proposta de venda, que só negociaria com a coordenação da campanha; e, que a KMA era oportunista e agiu com má – fé por efetuar o registro.
No mesmo dia em que entrou com a ação, sem ter direito a defesa, o Juiz da 24ª Vara Civil do TJDFT, Josmar Gomes de Oliveira, atendeu a solicitação e determinou a imediata transferência junto ao Comitê Gestor de Internet do Brasil (CGI.br), para Queiroz.
O Dr. João Paulo Todde, especialista em Direito Digital e advogado da KMA prontamente ingressou com pedido de reconsideração, entretanto, diante da decisão inicial do magistrado fundado em argumentos forçosos, simultaneamente agravou da decisão, a qual em sede de antecipação de tutela em agravo de instrumento (recurso de urgência) e obteve êxito, decisão eficiente uma vez que, surpreendentemente, o juiz de primeiro grau manteve sua decisão inicial.
O desembargador do TJDFT, Jair Soares, reformou a decisão liminar do juiz (22/7) por entender que a propriedade deveria retornar à KMA. Isso porque a KMA, havia agido dentro dos ditames legais e sem qualquer uso indevido do referido domínio. Na ocasião Soares além de determinar a devolução da propriedade do domínio à Empresa legítima, suspendeu o processo em primeiro grau, afim de garantir a máxima lisura do julgamento do recurso e proibiu expressamente a utilização do domínio antes que houvesse o julgamento da ação.
No entanto, enquanto ainda detinha o domínio, Agnelo desobedeceu à ordem judicial expressa do desembargador Soares e publicou a campanha no sítio eletrônico no referido domínio (8/Ago). Por ocasião da desobediência à ordem judicial o Dr. Todde requereu a aplicação de multa de R$ 50 mil a título de danos causados à empresa e mais R$ 10 mil de multa diária de uso indevido do domínio, petição que ainda aguarda julgamento em ambas as instâncias.
Na manhã dessa segunda-feira (18) a KMA recebeu a confirmação do retorno da propriedade do domínio e apontou-o novamente para o servidor de origem, de modo a obedecer à determinação Judicial, o que resultou na retirada do website do governador Agnelo do ar.
Fonte: Política Distrital\ Kleber Karpov

 

Gastos de 761 milhões foram insuficiente para esconder a incompetência no BRT

img

Na manhã deste sábado (16), tivemos a 2ª Audiência Pública sobre o transporte coletivo do Gama. A reunião aconteceu no Centro Interescolar de Línguas (CILG). Estiveram presentes na reunião o diretor-geral do DFTrans e gestor do Expresso DF Jair Tedeschi, representante do BRT Lucio, diretor de obras da administração da cidade Sr Roque Lane, o procurador dos direitos dos cidadãos Dr. José Valdenor Queiroz Júnior, Ministério Público do Distrito Federal e Territórios  (MPDFT) e vários passageiros de transporte público.

Na 1ª Audiência Pública sobre o tema, ocorrida no dia 19 julho, 115 pessoas participaram do evento. Destas, 50 puderam manifestar seus descontentamentos sobre as mudanças realizadas no transporte. Os moradores cobram a volta de algumas linhas que foram retiradas, a renovação da frota das linhas que não fazem parte do percurso do BRT, como Taguatinga, W3 Norte/Sul, SIA/SAAN, Setor O e Corujão. Jair Tedeschi ouviu os questionamentos, as reclamações, sugestões e opiniões da população, ficando incumbido de trazer resposta para os usuários do transporte coletivo do gama.

Nesta 2ª Audiência Pública sobre o transporte coletivo do Gama, para surpresa dos passageiros, muitas das respostas colocaram a culpa na fiscalização que é responsabilidade da Secretaria de Transporte do GDF.

O tempo, na opinião do Jair Tedeschi, vai fazer com que tanto passageiros quanto operadores do sistema se acostumem com a operação, aumentando a eficiência.“É tudo novo, substituído um sistema de 50 anos. Por isso o período de testes tem sido tão longo”, justifica.

Taguatinga

Estamos fazendo um acordo com a empresa Marechal para que assuma essa linha.

Demais linhas

Enquanto a segunda etapa da obra não estiver pronta, ainda deverão circular as linhas para SIA/ SAAN e W3 Sul e Norte. E vamos trabalhar para reativar a linha L2 Sul/ Norte/ UnB.

E seguem os problemas

A realidade é que os problemas ainda devem continuar. É o caso da Ana Tavares que pegava um ônibus para W3 Sul para chegar no trabalho. “Agora, pego três ônibus na ida e na volta. Ela precisa pegar um circular, o BRT e outro até o ponto final. Segundo relata Ana, o tempo médio gasto no trajeto é de uma hora e meia, ou mais. Apesar de tudo Ana Tavares elogia a qualidade dos veículos. “São confortáveis, têm ar condicionado e são confiáveis. Mas a demora ainda é um problema.” Relata.

Apesar de reconhecerem que o conforto aumentou com o BRT, usuários se queixam das baldeações necessárias para completar a viagem, atrasos das linhas e velocidade permitida de 55 km/h. O fato é que os 761 milhões foram insuficientes para esconder a incompetência do governo, esqueceram de ouvir a população antes do grandioso projeto alterando toda uma rotina do transporte coletivo da cidade.

img
Foto: 1ª Audiência Pública sobre o transporte coletivo do Gama
Galeria de fotos da 1ª Audiência Pública Clique Aqui!

Galeria de fotos da 2ª Audiência Pública Clique Aqui!

Fonte: Gama Cidadão

 

TONINHO POP ASSUME COMPROMISSO COM COMUNIDADES TERAPÊUTICAS

Em uma feijoada em Vicente Pires a convite da diretora do Instituto Crescer, Areolenes, que trabalha com comunidades terapêuticas, Toninho Pop marcou presença e assumiu um compromisso de parceria com os trabalhos sociais do Instituto.

Ao receber a palavra, o candidato a deputado distrital agradeceu o convite e a confiança em seu trabalho. No encontro, Pop recordou seus trabalhos como radialista, apresentador de Tv e de suas ações e parcerias em projetos sociais por toda cidade. Também falou aos presentes que está andando nos “quatros cantos de Brasília” para conversar com as comunidades e saber das atuais necessidades e demandas.

“Como comunicador social, sempre procurei ajudar nas soluções  dos problemas. Faço  e sempre farei, tudo que tiver ao meu alcance para ajudar as pessoas que me procuram. Se não está ao meu alcance, procuro apoio de amigos ou dos próprios governantes, administradores, secretários, o que for necessário para ajudar a sanar o problema” disse o candidato.

Toninho disse que lida com problemas diariamente, e que os veículos em que trabalhou são poderosos para a divulgação e resolução destes, mas que na politica, esse “poder” e voz são maiores. “Se tivermos um mandato, poderemos fazer muito mais.”, afirmou.

O Instituto Crescer, por meio das comunidades terapêuticas, é um meio de resolução de problemas sociais, principalmente, os relacionados à juventude.

Toninho firmou uma parceria com Areolenes, por meio de um documento escrito, apoiando o trabalho com os jovens. “Assino, com muita felicidade e tranquilidade esse registro. Acompanho de perto esses problemas com os nossos jovens e me sinto na obrigação de continuar ajudando”, declarou Pop.

Toninho ainda relembrou as diversas reportagens que fez de jovens que são amarradas ao pé da cama para não ir às ruas vender objetos de suas casas, comprar drogas ou cometer algum delito. Disse ainda que o seu trabalho é com eles. “Infelizmente nossos jovens são os maiores alvos dos traficantes de drogas. Em nosso mandato, tenho certeza que poderemos progredir em políticas sociais de prevenção e combate às drogas”. Pop disse ainda que a boa política e um ótimo mandato, se fazem nas ruas junto à população. “A política se faz conversando, olhando no olho, participando de encontros, andando nas ruas e ouvindo as demandas”, finalizou.

Fonte: Assessoria