Delmasso na Rodoviário contra a Corrupção

delmassojun152

O deputado Delmasso e todo o seu gabinete irá às ruas amanhã (03/09), a partir da 16h, colher assinaturas em apoio às 10 medidas proposta pelo MPF, que visa aprovar projeto de lei de iniciativa popular, para acabar com a corrupção. A igreja Sara Nossa Terra, da qual Delmasso faz parte, também está colhendo assinatura em seus cultos e eventos macro.

Fonte: Assessoria

Chico Vigilante alerta para o fechamento da UPA da Ceilândia 01/09/2015 – 20:54

upa ceilandia

O deputado Chico Vigilante, líder do Partido dos Trabalhadores na Câmara Legislativa, fez um alerta gravíssimo que revela o descaso com a saúde no Distrito Federal. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Ceilândia corre o risco de fechar suas atividades devido ao fim do contrato de prestação de serviços de profissionais.

“Se não renovarem o contrato e nem convocarem concursados, a UPA vai fechar”, alertou o deputado. “Vai fechar, mesmo! Porque não terá ninguém para atender”.

No decorrer desta terça-feira, surgiram vários relatos do fechamento de unidades da UPA em todo o Distrito Federal. O petista Ricardo Vale também relatou, em plenário, a possibilidade de fechamento da UPA de Sobradinho.

Diante de mais este descalabro, Chico Vigilante propôs à presidente da Câmara Legislativa, deputada Celina Leão, a convocação do secretário de Estado de Saúde, Fábio Gondim, para prestar esclarecimentos aos deputados sobre a situação da Saúde Pública no Distrito Federal.

Fonte: Assessoria 

SEDEST na dança das cadeiras

pacco

Parece que o governador Rollemberg começou a ver que as peças do avião estão frouxas e em lugares errados. Depois da saída do Secretário da Fazenda, o próximo a deixar a cadeira, será o Professor Pacco, Secretário de Desenvolvimento Humano e Social. Segundo fontes, o governador pedirá a cadeira para ajustar a pasta social na cidade, que por sinal está parada e não consegue amortecer os impactos constrangedores das ações repugnantes do governo.

A Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social não tem sintonizado as ações de acordo com o que a cidade necessita. Segundo fontes, o problema foi ocupar os cargos que são de inteira responsabilidade técnica por cabos eleitorais, que não conseguem se encaixar à real necessidade da pasta de extrema importância para o povo do DF.

Cris Oliveira

Papo de Crente

papo de crente

Depois que o governador Rollemberg citou a oração de aceitação a Jesus, o povo evangélico foi só agradecimentos a Deus. É que o governador estava sendo assemelhado, no meio do povo de Israel, como Nabucodonosor foi  na Babilônia.

Quem é de Deus sabe que Jesus está onde for aceito. “Eis que estou à porta e bato, se alguém ouvir a minha voz e abrir, cearei com ele, e ele comigo”, assim foi feito quando o governador recitou as palavras em uma oração. Não houve esperança de troca de religião, mas uma coisa é certa: Jesus não deixou a chave com o homem, e a coisa só tende a mudar. O caminho de Deus é estreito, mas a vitória é garantida.

Cris Oliveira

Gondim na Secretaria de Fazenda

 gomdim
Parece que o governador Rollemberg é mesmo muito ligado aos amigos da esfera federal. Depois da indicação do amigo do senador Aécio Neves, Leonardo Colombini, como Secretário da Fazenda, a pasta pode correr para o amigo do ex-senador José Sarney, hoje Secretário de Saúde, Fábio Gondim. O governo trabalha para colocar as peças no lugar. Mas parece que a frustação ronda alguns deputados distritais, que esperavam ser agraciados com algumas secretarias.
Cris Oliveira

Ricardo Vale de olho nas UPAS

ricardo vale

Parece que o governador Rollemberg não anda preocupado com quem está  definhando na fila de espera das consultas, ou com a falta de médicos nas UPAS largadas, além das que estão sendo fechadas.

Mesmo com promessas, os funcionários da saúde, que não receberam suas horas extras, pensam em parar. No HBDF, após reunião, decidiram fechar leitos de internação até na UTI, mas mesmo assim o Secretário de Saúde não abriu cadastramento para novos funcionários. Por causa das horas extras atrasadas, os servidores não estão cumprindo as escalas. Parece que uma panelinha vem tumultuando a saúde pública por causas políticas não cumpridas pelo governador.

No entanto o usuário de saúde não tem que pagar com a falta de responsabilidade do governo, que não consegue acabar com a má gestão. A saúde já está vivendo o apagão.

O deputado Ricardo Vale (PT) deu seu expediente na UPA de Sobradinho nesta terça-feira (01), ameaçada de fechamento pelo governo. De acordo com o deputado,  o Secretário de Saúde não descarta a possibilidade de fechar algumas UPAS no DF.

Cris Oliveira

DEPOIS DO MASSACRE DA CHÁCARA 200, Renato Santana foge de Vicente Pires como o diabo foge da cruz

RENATOSANTANA1-INTRO1

No lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Regularização de Vicente Pires, ocorrida oficialmente no último domingo (30), a ausência do vice-governador e administrador interino da cidade foi motivo de duras criticas por parte dos moradores e lideranças que participaram do ato na Feira do Produtor.

O presidente da Frente, deputado Bispo Renato Andrade, lamentou a ausência do vice-governador na reunião. “O Administrador da cidade foi convidado diretamente por mim, mas como é de praxe deste governo, estão fugindo. Pelo menos por respeito aos moradores, ele deveria estar aqui”, lamentou Bispo Renato.

A Frente Parlamentar foi criada após o massacre da Chácara 200 onde o Governo de Brasília derrubou 25 casas sob a alegação de que foram construídas em áreas destinadas a equipamentos públicos. Apenas oito residências continuam intactas mais o GDF recorreu na justiça para derrubar as liminares que estão garantindo a manutenção dos imóveis.

Segundo informações chegadas ao Radar está sendo montada uma nova agenda de operações de derrubadas da Agefis para a região. A ausência de Renato Santana na reunião do último sábado teria sido a forma encontrada por ele para não se comprometer com os moradores que querem a suspensão das operações até que seja encontrada uma solução para a regularização e que o GDF diga quais são as áreas que pretende destinar a equipamentos públicos. “Isso se faz com diálogo e não fugindo da população como faz o administrador”, disse o líder comunitário Gilberto Camargos.

A reunião do último sábado serviu para que a Frente fosse lançada na presença dos moradores como um ato simbólico, “pois além dos moradores que foram vítimas do massacre da chácara 200, estamos abraçando ainda a causa de centenas de outras famílias que também estão na mesma situação”, afirmou Bispo Renato Andrade. O distrital afirmou que além dele todos os demais 23 deputados distritais são apoiadores da luta pela legalização do Setor Habitacional Vicente Pires.

O diretor da Associação Comercial  do Jardim Botânico, Wander Azevedo, também presente no evento, afirmou que a política precisa caminhar ao lado da sociedade. “A mão do Estado é de ferro e a da população só serve para pagar impostos”, disse ele.

Para Sumaya Guimarães, moradora da chácara 200, as famílias desabrigadas precisam ser prioridade. “Apenas uma porcentagem da nossa região estava destinada ao maquinário público, mas eles derrubaram tudo. Nós podemos ser poucos, mas as histórias têm um valor inestimável”, declarou a moradora, emocionada, reafirmando que os residentes da região pagavam impostos e tinham autorização da Administração Regional para morar.

Em março deste ano quando o vice-governador Renato Santana assumiu interinamente a Administração Regional de Vicente Pires e chegou na cidade com o seguinte discurso:

“A determinação do governador é que o Estado dialogue com a comunidade, e é o que viemos fazer aqui”, disse. De lá para cá,  Santana pouco tem aparecido em Vicente Pires onde os problemas se avolumam pela falta do governo na região.

Da Redação Radar

Cota mínima para mulheres no Legislativo passa em primeira votação

mulher na politica

A participação feminina na política ganhou um reforço. O Plenário do Senado aprovou em primeiro turno, nesta terça-feira (25), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 98/2015, que reserva um percentual mínimo de cadeiras nas representações legislativas em todos os níveis federativos. Assim, a medida atinge Câmara dos Deputados, assembleias legislativas, câmara legislativa do Distrito Federal e câmaras municipais. A proposta foi aprovada em primeiro turno com 65 votos favoráveis e 7 contrários.

A PEC assegura a cada gênero percentual mínimo de representação nas três próximas legislaturas: 10% das cadeiras na primeira legislatura, 12% na segunda legislatura; e 16% na terceira. Caso o percentual mínimo não seja atingido por um determinado gênero, as vagas necessárias serão preenchidas pelos candidatos desse gênero com a maior votação nominal individual entre os partidos que atingiram o quociente eleitoral.  A proposta altera o Ato das Disposições Constitucionais Transitórias e faz parte das sugestões da Comissão da Reforma Política.

Elogios

Vários senadores louvaram a iniciativa que, segundo eles, irá diminuir a desigualdade de gênero na política. A senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) ressaltou que as mulheres enfrentam mais dificuldades para optarem por uma carreira política e disse ter esperança que a proposta incentive a candidatura feminina.

A senadora lembrou que o Brasil tem uma das taxas mais baixas do mundo de presença de mulheres no Congresso Nacional. Segundo ela, de um total de 190 países, o Brasil ocupa a 116º posição no ranking de representação feminina no Legislativo.

A procuradora da Mulher no Senado, Vanessa Grazittion (PCdoB-AM), lamentou a posição do Brasil no ranking e classificou como “constrangedor” o fato de as mulheres terem que negociar uma cota no Legislativo. Para ela, o ideal seria que os partidos já tivessem consciência de montar suas listas com alternância de gênero e que as mulheres já tivessem alcançado a paridade com os homens. A senadora disse ter esperança de uma mudança cultural no país e de ver o dia que não será necessária de cota para que a mulher chegue ao Parlamento e ocupe um lugar “que é seu de direito”.

O relator da comissão temporária da reforma política, senador Romero Jucá (PMDB-RR), lembrou, em seu relatório, que na esfera política há nítida desigualdade entre homens e mulheres em relação à ocupação de cargos públicos. Jucá argumentou que as mulheres são maioria na população e maioria no eleitorado, mas enfrentam dificuldades para conquistar cargos eletivos. Na Câmara dos Deputados, dos 513 cargos em disputa em 2014, apenas 51 foram ocupados por mulheres. No Senado, de um total de 81 vagas, somente 13 parlamentares são do sexo feminino. A PEC, porém, não modifica os critérios para eleição no Senado, já que este não faz uso do sistema proporcional.

Jucá destacou ainda que a ação afirmativa tem prazo definido. Na visão do senador, uma vez garantido o percentual de 16%, as barreiras socioculturais enfrentadas pelas mulheres serão reduzidas a tal ponto que, a partir da quarta legislatura subsequente à promulgação da PEC, não será mais necessário prever na legislação um nível mínimo de representação.

Voto contrário

O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) se posicionou contra a proposta afirmando que ela “fere o princípio da soberania do voto” já que o voto dado a uma mulher terá um peso maior do que o dado a um homem. Para ele, o princípio da soberania popular deve ser respeitado e é o povo que deve definir, em última instância, sobre a composição das assembleias que os representam.

– O que se pretende com essa emenda é dizer que a composição das assembleias não depende mais exclusivamente do povo, mas é pré-determinada pelo Congresso no exercício do poder constituinte derivado – protestou.

O senador Aloysio Nunes ainda acrescentou que a proposta abre um precedente gravíssimo para que sejam solicitados outros tipos de cotas.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Chico Leite apoia MPF e inicia coleta de assinaturas na luta contra a corrupção

Autor de diversas propostas de combate à prática, o parlamentar aderiu, com apoio total, à iniciativa e já está realizando a coleta de assinaturas de apoio à campanha

mpf

O deputado Chico Leite participou, na quinta-feira (28), de reunião no Lions Clube de Ceilândia, para apresentar aos associados a iniciativa do Ministério Público Federal (MPF) “10 Medidas Contra a Corrupção”. Na oportunidade o parlamentar defendeu a proposta e coletou assinaturas de apoio ao projeto. “Desde 2012, luto para tornar a corrupção um crime hediondo. Ela tira, da forma mais cruel, a oportunidade de nossas crianças e jovens de um futuro melhor”, ressaltou o distrital

O parlamentar foi recebido pelo presidente do Lions, Edmar Borges de Deus, que a pedido do deputado adotou a proposta e vai realizar junto aos associados e moradores da região uma campanha para coletar assinaturas de apoio à iniciativa. “O combate à corrupção é um dever de toda a população, cada um, individualmente, pode fazer a sua parte e colaborar com o fim dessa prática que infelizmente cresceu muito no nosso país”, destacou Chico Leite.

Chico Leite aderiu, com apoio total, à campanha e junto ao Ministério Público Federal convoca toda a população a apoiar e defender as medidas, conclamando o Congresso para que promova as alterações estruturais e sistêmicas necessárias para prevenir e reprimir a corrupção de modo adequado.

10 medidas contra a corrupção

Propostas do Ministério Público Federal para o combate à corrupção e à impunidade:

1) A prevenção à corrupção, transparência e proteção à fonte de informação;

2) Criminalização do enriquecimento ilícito de agentes públicos;

3) Aumento das penas e crime hediondo para corrupção de altos valores;

4) Aumento da eficiência e da justiça dos recursos no processo penal;

5) Celeridade nas ações de improbidade administrativa;

6) Reforma no sistema de prescrição penal;

7) Ajustes nas nulidades penais;

8) Responsabilização dos partidos políticos e criminalização do caixa 2;

9) Prisão preventiva para evitar a dissipação do dinheiro desviado;

10) Recuperação do lucro derivado do crime.

Saiba mais em: http://www.dezmedidas.mpf.mp.br/

Por: Thiago Alves

Liliane consegue aprovar PDL e garante renda para a Abrace em McDia Feliz

TAR_6586_1

Em plenário, a vice-presidente da Câmara Legislativa, deputada distrital Liliane Roriz, conseguiu reunir 20 dos 24 parlamentares da Casa e aprovar, por unanimidade entre os presentes, o PDL protocolado por ela nesta quinta-feira, que garante que a comercialização do Big Mac da Rede McDonald’s ficará isenta do ICMS, podendo, assim, o dinheiro arrecadado com a venda dos sanduíches ser repassado às entidades assistenciais de apoio à crianças e adolescentes com câncer e hemopatias do Distrito Federal.

Fonte: Assessoria

Circuito de Futevôlei “Praia do Cerrado” deve reunir 10 mil pessoas no Parque da Cidade durante três dias

futevolei

A Federação Metropolitana de Futevôlei do Distrito Federal e a Secretaria de Turismo de Brasília são parceiras na realização da 2ª edição do Circuito de Futevôlei Praia do Cerrado, que reunirá atletas do Brasil e de outros países no Parque da Cidade, nos dias 28, 29 e 30 de agosto, entre as 10h e as 17h.

Para o Secretário de Turismo de Brasília, Jaime Recena, a cidade tem grande vocação como palco de diversas modalidades esportivas. “Fico feliz em ver Brasília cada vez mais ocupada por atletas e sua grande área verde, como a do Parque da Cidade, sendo palco de eventos esportivos. Um dos objetivos da secretaria, nesta gestão, é fazer com que os brasilienses se apropriem de seus espaços e se sintam estimulados a praticar atividades físicas de maneira prazerosa e consciente sobre a conservação dos espaços públicos”, afirma.

A brasiliense Lana Miranda, atual campeã mundial de futevôlei, treina diariamente no Parque da Cidade. “Brasília, mesmo não tendo praia, é a cidade do esporte e do futevôlei”, orgulha-se.

De acordo com o Presidente da Federação Metropolitana de Futevôlei do Distrito Federal, Odilon Miranda, o principal foco do evento é a difusão da modalidade e de Brasília como polo de atletas de futevôlei. A federação também tem como objetivo proporcionar competições de alto nível que possibilitem a descoberta de novos talentos para representar o DF nas mais diversas competições nacionais e internacionais.

O evento, no Estacionamento 13, próximo à Administração do Parque da Cidade, contará com food trucks diariamente e, no último dia, haverá apresentação do grupo de percussão popular Batukenjé. A estimativa dos organizadores é que 10 mil pessoas passem pelo local durante os três dias. ​


ASCOM – SETUR

Feira de Mestrados Internacional” busca estudantes brasilienses para universidades do exterior

Andre15

Feira de Mestrados auxilia aqueles que querem estudar fora e melhorar as chances de uma carreira internacional

No dia 10 de setembro, quinta-feira, A QS World Grad School, uma das maiores feiras de mestrados internacionais do mundo, traz representantes de ótimas universidades estrangeiras e instituições provedores de bolsas de estudo a Brasília. O evento será no Centro de Convenções Brasil 21, das 14h30 às 20h. O acesso é gratuito mediante inscrições neste link: https://www.topuniversities.com/events/qs-world-grad-school-tour/latin-america/brasilia/register

Em um momento em que as corporações valorizam cada vez mais um profissional globalizado, o mestrado fora do Brasil é definitivamente um investimento bem aplicado. Isso porque, além de estudar em uma das melhores universidades do mundo, a pós-graduação fora permite que os profissionais se especializem em uma área em que desejam seguir carreira, expandindo seus horizontes pessoais e profissionais em um âmbito internacional.

É para estas pessoas interessadas em adquirir um conhecimento fora do país que a QS World Grad School, uma das mais importantes feiras de mestrados internacionais do mundo, é destinado. O evento estará visitando Brasília no dia 10 de setembro, trazendo universidades de qualidade para promoverem seus cursos no distrito federal.

Durante a feira, será possível conversar com os diretores de admissão de diversas universidades internacionais, o que facilita o esclarecimento de dúvidas e a decisão por um curso que é o mais adequado para as necessidades dos interessados.

A QS World Grad School Tour é organizada pela QS, uma empresa líder no segmento educacional, e visita mais de 35 países por ano, passando por mais de 65 cidades do mundo e reunindo as melhores universidade internacionais.

Na QS World Grad Tour, a primeira hora do evento é dedicada a palestras informativas sobre o processo de admissão de uma universidade internacional, os testes necessários para a admissão (como o TOEFL e IELTS) e uma curta apresentação de cada universidade.

Em um segundo momento, os participantes do evento podem conversar pessoalmente com cada uma das escolas e receber informações relativas aos cursos e processo de admissão.

Além disso, podem receber auxílio da equipe da QS para planejar sua carreira internacional, obter ajuda para se inscrever a uma universidade estrangeira e saber como é a candidatura a uma bolsas de estudos. Inclusive, a própria organização tem um fundo de bolsas de estudos no valor de $1,7 milhões que é atribuída por mérito àqueles que participam das feiras, uma das vantagens em participar do evento.

Algumas das universidades que participarão deste evento são:

– British Council e as Bolsas de Estudo Chevening

– Florida Gulf Coast University (Estados Unidos)

– George Washington University (Estados Unidos)

– Georgia State University – J. Mack Robinson School of Business (Estados Unidos)

– UCFB Wembley (Reino Unido)

– Salford Business School – Salford University

– Warwick Business School

– IE Business School (Espanha)

– Universitat Autonoma de Barcelona (Espanha)

– Hult Internacional

– ESCP Europe Business School

Sobre a QS:

Formada em 1990, a QS Quacquarelli Symonds é lider global em informações, pesquisas independentes e soluções em educação superior e carreiras. As atividades da empresa estão espalhadas por 50 países e englobam parcerias com 2,000 universidades internacionais e escolas de negócios. Organizando mais de 280 eventos por ano, a QS tem como objetivo capacitar pessoas motivadas ao redor do mundo no desenvolvimento de seu potencial através da mobilidade internacional, conquistas acadêmicas e progresso profissional. A empresa é famosa por suas publicações com insights valiosíssimos sobre educação superior, com destaque para o Ranking QS Mundial de Universidades, o Ranking QS de Universidades Latino-Americanas e o Ranking QS Mundial de Universidades por Área do Conhecimento.

Serviço:
QS World Grad School Tour em Brasília
Feira de Mestrado Internacional em Brasília
Quando10/09, quinta-feira, das 14h30 às 20h
Onde: Centro de Eventos e Convenções Brasil 21
Endereço: SHS Quadra 06, Lote 01, Conjunto A, Setor Hoteleiro Sul
Para saber mais sobre o evento, clique em Brasília
Ingressos: Entrada gratuita, mediante inscrição no link:

https://www.topuniversities.com/events/qs-world-grad-school-tour/latin-america/brasilia/register

Companheiro Bono na luta pela vacinação

bono

O cachorrinho lindo do deputado Chico Vigilante (PT) está cobrando para seus amigos a vacinação. A campanha anti-rábica este ano não foi realizada pela Vigilância Sanitária do DF. Mesmo com orçamento de milhões para vacinação,  o governo Rollemberg não conseguiu licitar o medicamento.

O companheiro Bono, o cachorrinho simpático do deputado, faz a propaganda da má gestão da governança, que deixa furo com os cães do DF sem vacinação. Incompetência de dar raiva.

Cris Oliveira

Saúde DERRUBADA e falida tem a fila maior que a do evento do Isoporzinho

SAUDE PUBLICA

A saúde pública do Distrito Federal está pra bater as botas, ou seja, no fim do túnel. O que não é mais segredo para ninguém é que nos 8 meses de governo Rollemberg não mudou nada  na saúde, ao contrário, faltam até seringas nas unidades básicas de saúde para vacinação.

O quadro é vexaminoso. Não temos sequer uma resposta da CLDF, que deve fiscalizar o executivo e proteger o povo. Ainda não conseguiram abrir a CPI da saúde ou caixa preta, como é chamada por alguns blogueiros da cidade. Sabemos que se isso acontecesse, o consorcio político que vem premiando os políticos, em todos os governos, mesmo com seu teatro feito em campanha eleitoral, que demonstra ao povo o sensacionalismo teatral de que os corruptos ficariam de fora em uma mega mudança.

O TCDF, divulgou o relatório da espera das consultas na rede publica de saúde do DF. As solicitações demostram um quadro ineficiente e caótico, uma falta de respeito com o contribuinte da Capital do Brasil, que hoje é a segunda maior arrecadação do País.

Marcar uma consulta com o médico pediatra no DF, pode chegar a dois anos e meio de espera, para os adultos cardíacos a situação não é diferente, podem esperar na imensa fila que hoje tem 20. 233 pacientes na espera que pode durar até dois anos e meio, pela consulta, segundo o relatório do TCDF.

Enquanto isso  temos um governo preocupado com o lazer da cidade que pode acontecer daqui a dois anos na Orla do Lago, já prevista como uma das ações milionárias da TERRACAP.

Rollemberg prometeu uma saúde eficiente, livre da má gestão com muitas equipes do saúde da família atuando na comunidade. A promessa não é mais falada pelo governador, que só da prioridade a AGEFIS, tomou os terrenos do DF como meta do seu governo, sua família de funcionários do PSB, preocupados com o evento do Isoporzinho na Orla, que no facebook tem como coordenadores uma lista de nepotismo praticado pelo nosso governante, de acordo com o CB, quase 10 mil já confirmaram a ida no evento Isoporzinho, mas a fila de espera por uma saúde digna é bem maior governador, chega a 30% da população do DFque esperam por consultas.

O povo que morra nas filas de espera e na falta de tudo que é a saúde pública.

Cris Oliveira

Liliane Roriz protocola projeto para salvar McDia Feliz no Distrito Federal

Parlamentar pede que colegas votem a aprovem o projeto. Só assim, venda do Big Mac no DF será revertida para entidades assistenciais

liliane roriz

A vice-presidente da Câmara Legislativa, deputada distrital Liliane Roriz, corre contra o tempo para evitar que Brasília fique de fora do McDia Feliz, marcado para acontecer no próximo dia 29 de agosto, em todo o Brasil. Ela protocolou hoje na Casa um Projeto de Decreto Legislativo que precisa ser votado ainda nesta quinta-feira. Só assim, a comercialização do Big Mac da Rede McDonald’s ficará isento do ICMS para que o dinheiro arrecadado com a venda dos sanduíches seja repassado às entidades assistenciais de apoio à crianças e adolescentes com câncer e hemopatias do Distrito Federal.

No PDL apresentado pela parlamentar, fica homologado o Convênio ICMS nº 106, de 9 de julho de 2010, do Conselho nacional de Política fazendária – CONFAZ, prorrogado pelo Convênio ICMS nº 27 de 22 de abril de 2015. Só assim, o DF poderá conceder isenção do ICMS na comercialização do Big Mac. Caso contrário, a ABRACE – entidade usualmente indicada na Capital para receber os recursos vindos do MCDia Feliz – e seus projetos sociais reconhecidos internacionalmente, ficarão prejudicados.

Para evitar que o PDL não seja votado hoje, Liliane Roriz está procurando, pessoalmente, os deputados distritais e pedindo para que todos votem e aprovem o projeto. “Crianças e adolescentes com câncer esperam por esse recurso que chega, desde 1999. Não podemos permitir que este ano, os projetos da Abrace fiquem de fora”, explicou a vice-presidente da Câmara Legislativa.

McDia Feliz – Em 2014, a arrecadação de R$ 22.482.890,14 milhões foi recorde no Brasil e representou um crescimento de 9,7 % em relação ao ano passado. Em 2015, 73 projetos de 58 instituições país que atuam para elevar os índices de cura do câncer infantojuvenil de todo o país receberão recursos da arrecadação da campanha.

Fonte: Assessoria

Chico Leite quer democratizar escolha de conselheiros dos Tribunais de Contas

O parlamentar defendeu em plenário a transparência no processo de escolha dos candidatos ao cargo de conselheiros do TCDF

Durante sessão plenária, realizada na quarta-feira (27), na Câmara Legislativa, O deputado Chico Leite pediu apoio dos colegas de Legislativo ao Movimento Conselheiro Cidadão, que propõe mudanças no processo de escolha dos conselheiros de tribunais no país. A realização de concurso público para a ocupação do cargo está entre as alterações sugeridas pelo movimento, segundo o parlamentar. “Está em tramitação nesta Casa um projeto para que todo brasileiro ou brasileira, que preencha os requisitos necessários, possa concorrer à vaga de conselheiro”, ressaltou.

A Proposta de Emenda à Lei Orgânica nº68/14, de autoria do deputado Chico Leite e outros parlamentares, tem por finalidade trazer maior transparência e democratizar a escolha de conselheiros para o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF). De acordo com o texto, “a fiscalização das contas públicas deve estar ao alcance do cidadão sendo possível a sua candidatura”.

O deputado Joe Valle (PDT) também declarou seu apoio às mudanças, entre elas a possibilidade de qualquer cidadão participar da lista de nomes para concorrer à vaga de conselheiro. Wasny de Roure (PT) ratificou a importância de novos procedimentos no processo.

Requisitos para a investidura no cargo

De acordo com a legislação vigente, os conselheiros do Tribunal serão nomeados entre brasileiros que tenham mais de 35 e menos de 65 anos de idade; idoneidade moral e reputação ilibada; notáveis conhecimentos jurídicos, contábeis, econômicos e financeiros ou de administração pública, além de mais de dez anos de exercício de função ou de efetiva atividade profissional.

Gabinete do deputado Chico Leite

Cercas e muros que separam classes sociai

cercas e muros da orla

As quatrocentas cercas de invasão de área pública da Orla do Lago Paranoá em Brasília começaram a ir ao chão nesta semana. A tese é simples e judicial: contra fatos, não há argumentos. A ação transitou dez anos na justiça após a omissão do Estado ao deixar a área verde mais cara de Brasília ser tomada de “puxadinhos” das mansões, no lugar da construção de áreas de lazer.

A população do Distrito Federal sempre foi  cerceada quanto à visitação da área mais bonita de Brasília. O acesso ao Pontão do Lago, onde muitas noivas, casais, crianças foram fotografados, lugar de belíssima paisagem, já esteve fechado. A Península, outra referência de passeio e paisagem, cercada de grades e portões. Ao que tudo indica, a porta do paraíso estará aberta ao povo. Será?

A primeira ação do governo Rollemberg na Orla do Lago foi a criação do “Na Praia”, ponto de lazer usado para várias finalidades, mas que cobra entrada, mesmo sendo patrocinado pelo Banco de Brasília. Pelo visto teremos mais PPPs – parcerias público-privadas – que investem em áreas públicas sucateadas e cobram da população por isso, melhoram o caixa do governo e asseguram o poder do Estado no local.

As derrubadas na Orla irão durar dois anos, mesmo assim o Presidente da Associação do Lago e o governador, que acompanha de longe as operações da Agefis, acham as intervenções sofridas, mas necessárias para o andamento da preservação das áreas públicas ainda existentes no DF.

Diferentemente das derrubadas do Sol Nascente e Vicente Pires, a Orla do Lago não tem destruição de casas, e sim de áreas de lazer. Mesmo com muito cuidado, o Governo de Brasília recebeu do presidente da associação dos moradores do lago uma alfinetada básica, que comprova a separação da Capital do Brasil por classes sociais: “querem chamar atenção do pobre, agredindo o rico”. Frase chocante, para uma derrubada que já tinha que ter sido feita há anos.

Com declarações desastrosas, alguns moradores da classe rica e poderosa do Lago foram infelizes em suas colocações, como uma moradora que citou que teria o fundo da casa desprotegido, e que marginais e drogados usariam a área, que foi por ela furtada por um tempo. Tipo assim: a diferença social trás o preconceito contra o povo do DF. Pan! Que feio.

Nem Copacabana com toda sua beleza esplendorosa pensa assim. A cidade turística é cercada por comunidades, como o Pavão, Pavãozinho, Chapel Mangueira e Babilônia. Mesmo com diferença social, se misturam no lazer, conversam e trocam favores.  A elite, os artistas famosos e quem habita na grande área turística do Rio de Janeiro, ocupada por coberturas e hotéis fantásticos, de belas estruturas, não deixam de comprar sanduíche natural, biscoito globo e mate leão praianos, fonte de renda das famílias que habitam as comunidades. Alguns tem tanta amizade que criam seus filhos conhecendo as duas realidades. As favelas se tornaram comunidades, e recebem turistas para passeio e lazer, como exemplo a feijoada no Chapel Mangueira frequentada por moradores e turistas. A condição social do carioca não tira seu lado humano e simpático.

No facebook, o DF comemora e sonha com as ciclovias e o lazer prometidos no futuro Lago Paranoá. Como diz uma amiga famosa de um grupo político: ” O FRITO está pronto, ou a tão conhecida farofada misturada com o isopor”.

Cris Oliveira

Administração e Juventude unidos no Recanto das Emas

avila recanto

O que não falta no administrador do Recanto das Emas é o traquejo em lidar com lideranças e seguimentos da cidade. O policial  e advogado Fábio Ávila, administrador da cidade, conseguiu com anos de trabalho, ao lado da primeira dama mais conhecida e querida do DF, dona Weslian Roriz, aprender e conhecer os seguimentos políticos. Ele assimilou bem o detalhe mais importante: reconhecer que os segmentos trabalham junto com a administração no crescimento das políticas públicas, com críticas, cobranças e propostas, que fazem toda a diferença para o sucesso de uma administração.

O conselho de juventude da cidade tem seguido junto com a Administração Regional, e o efeito tem surgido na comunidade. Já foram mais de 20 reuniões em vários pontos do Recanto das Emas. Sem essa de ver o que é atribuição do cargo que ocupa, o administrador está por dentro das lutas, como a volta do bom funcionamento da UPA da cidade e dos bailes dos idosos que são frequentes.

Juventude do Recanto no trabalho em parceria com a RA da cidade por melhor qualidade de vida para os moradores.

Cris Oliveira

Rollemberg e Agnelo são farinha do mesmo saco.

04/09/2013. Crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press. Brasil. Brasilia - DF. Senador Rodrigo Rollemberg e o governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz, durante comemoraçãoes da Semana da Pátria, realizada pelo Jornal Correio Braziliense.

Mesmo passada a campanha, o nobre desgovernador Agnelo ainda se recuperando da surra popular que levou nas urnas, tenta se colocar como coitadinho nas entrevistas, tentando explicar o inexplicável rombo nos cofres públicos que até hoje ninguém tem certeza do valor exato.

Entre as dores de perder o poder, o médico Agnelo se consola ao se achar um pouquinho melhor do que o atual governador, que por sinal venceu nas urnas, mas sua gestão está ocupada pelos mesmos funcionários de Agnelo. Não deixa de ser considerado farinha do mesmo saco petista. Ou seja: PSB e PT – tudo haver.

O Governador foi chamado de inoperante, e rebateu a crítica à altura chamando o réu Agnelo, que tem quatro processos administrativos em andamento, de nada mais nada menos, condenado.

Para Rollemberg, ou Rollandolero ou Enrollemberg, como vem sendo citado nas redes sociais,  Agnelo foi condenado no primeiro turno das eleições quando teve sua extraordinária derrota. Mas a coisa parece não ser bem assim, o campeão das eleições de 2014 não cumpriu com muitas promessas de campanha até hoje.

Vamos citar a mais comentada, e que para os adversários era a “ilha da fantasia” da campanha de Rollemberg: a eleição para administradores. A governança defende o chefe. Em entrevista, a Secretária de Planejamento Leany disse que o momento do Agnelo é natural, já que ele é acusado de crimes, e cita: “quem somos nós para sermos contra os auditores fiscais?”

Seja lá como foi, a cidade sofre pela chamada Má Gestão, que construiu obras faraônicas como o Mané Garrincha, que não serve pra muita coisa, e deixou a saúde sucateada, ao ponto de não ter sequer seringas para vacinar as crianças.

A mudança não chegou no governo Rollemberg. Quem sabe ele vai conseguir cumprir com alguma de suas promessas. Vamos acompanhar.

 Cris Oliveira

Estacionamento público do Hospital do Paranoá continua fechado

hospital do paranoa cris

Fico feliz em saber que os Blogs servem para cobrar das autoridades que fazem Rodas de Conversa pelas cidades, mas quando viram as costas esquecem o que o povo pediu.
Publiquei a nota do fechamento do estacionamento do Hospital do Paranoá, no Blog da Cris, e vejo que o povo da Cidade está na luta da liberação das vagas públicas.
A matéria teve 518 compartilhamentos no facebook.
Governador, governar é definir prioridades e executá-las após ouvir o povo.

Uma causa tão simples e até hoje o governo não deu resposta. Vivemos o contraditório, as cercas sendo derrubadas por estarem em local público, e o estacionamento público de um hospital ficando privado.

Eu heim??? Cadê o respeito com o cidadão?

Cris Oliveira